ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Satélite europeu com tecnologia portuguesa será lançado em 2019
Revista PORT.COM • 27-Nov-2018
Satélite europeu com tecnologia portuguesa será lançado em 2019



Satélite europeu vai estudar planetas fora do Sistema Solar já identificados e deverá ser lançado entre 15 outubro e 14 de novembro de 2019.

Segundo a Agência Espacial Europeia (ESA), o CHEOPS, satélite europeu que vai estudar planetas fora do Sistema Solar já identificados e que tem 'mão portuguesa', deverá ser lançado entre 15 outubro e 14 de novembro de 2019.

O prazo foi alargado pela ESA, depois de em dezembro de 2017 a empresa aeroespacial francesa Arianespace, responsável pelo lançamento, ter situado a 'janela' de oportunidade entre finais de 2018 e início de 2019. O lançamento do satélite chegou inicialmente a ser apontado para 2017 e depois para a primavera de 2018.

Portugal colabora na missão CHEOPS através de investigadores do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço, que participam na equipa científica, e da empresa de engenharia Deimos, que tem a seu cargo os sistemas de processamento de dados.

Atualmente o satélite está em fase de testes, em Espanha, antes de ser considerado apto a ser enviado para o espaço.

O engenho ficará posicionado na órbita terrestre, a uma altitude de 700 quilómetros, e irá observar estrelas brilhantes 'hospedeiras' de planetas extrassolares com um tamanho variável entre a Terra e Neptuno.

Com uma vida útil entre os três e os cinco anos, o CHEOPS irá medir a massa e o raio dos exo planetas (planetas fora do Sistema Solar) já identificados e o tempo que demoram a orbitar a sua estrela.

Quando for lançado, o satélite irá estar decorado com duas placas metálicas onde estão gravados desenhos feitos por crianças, inclusive portuguesas.

A missão CHEOPS (CHaracterising ExOPlanet Satellite, Satélite Caracterizador de Exoplanetas) representa um investimento de cerca de 50 milhões de euros e antecede uma outra missão europeia, a PLATO, para 'caçar' novos planetas extrassolares, com lançamento previsto para 2024.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ