ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cientista portuguesa descobre nova espécie de animal cavernícola em Timor-Leste
Revista PORT.COM • 31-Jan-2019
Cientista portuguesa descobre nova espécie de animal cavernícola em Timor-Leste



A bióloga portuguesa Ana Sofia Reboleira descobriu em Timor-Leste uma nova espécie de animal cavernícola, um aracnídeo que existe apenas em grutas da ilha e é descrito num artigo publicado na revista científica Zookeys.

A nova espécie descoberta por Ana Sofia Reboleira tem o nome científico "Sarax timorensis" refletindo o facto de ser «uma espécie exclusiva de Timor», sendo também a primeira vez que uma descoberta do género é feita em timor-Leste explicou a bióloga à agência Lusa.

Trata-se de um aracnídeo da ordem dos amblipígios, que são animais tipicamente tropicais e subtropicais, predadores que capturam as suas presas com poderosas quelíceras (apêndices típicos dos aracnídeos que formam um par de pinças), mas que ao contrário das aranhas não possuem veneno.

O animal, descoberto numa gruta situada na província de Lautém, no leste de Timor-Leste, é «a maior espécie do seu género e tem os olhos e pigmentação reduzidos, uma consequência evolutiva de adaptação à vida nas cavernas», disse a investigadora.

A "Sarax timorensis" foi descoberta pela cientista durante a primeira expedição espeleológica portuguesa do projeto "Fatuk-kuak hosi Timor-Lorosa'e" a grutas de Timor-Leste em 2016, na qual coordenou os primeiros trabalhos de prospeção biológica em grutas da ilha.

A expedição, organizada por quatro grupos de espeleologia portugueses (entre os quais o Núcleo de Espeleologia da Universidade de Aveiro ao qual a bióloga pertence), durou um mês, ao longo do qual os espeleólogos portugueses deram formação - na Universidade Nacional de Timor Lorosa'e e em escolas de referência de várias zonas do país - sobre o meio subterrâneo e a importância das grutas no abastecimento local de água.

Com o apoio da Fundação Oriente e da Universidade Nacional de Timor Lorosa'e, a expedição contou também com a participação do grupo de espeleólogos timorenses Juventude Hadomi Natureza.

Ana Sofia Reboleira é professora no Museu de História Natural da Universidade de Copenhaga, onde coordena um laboratório dedicado ao estudo dos ecossistemas subterrâneos à escala global.

Com esta “achado” aumentam para 59 as novas espécies, e seis novos géneros, para a ciência descobertos por Ana Sofia Reboleira.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ