ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Decréscimo nas transações comerciais com a China
Revista PORT.COM • 10-Fev-2017
Decréscimo nas transações comerciais com a China



A China estabeleceu a Região Administrativa Especial de Macau como a sua plataforma para o reforço da cooperação económica e comercial com os países de língua portuguesa em 2003.

As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa caíram pelo segundo ano consecutivo em 2016, totalizando 90,87 mil milhões de dólares (85,32 mil milhões de euros), menos 7,72% do que em 2015, indicam dados oficiais.

Trata-se do segundo ano consecutivo de queda, depois de o comércio sino-lusófono ter caído 25,73% em 2015 naquela que foi a primeira diminuição desde 2009.

Dados dos Serviços de Alfândega da China publicados no portal do Fórum Macau indicam que, entre janeiro e dezembro do ano passado, a China comprou aos países de língua portuguesa bens avaliados em 61,28 mil milhões de dólares (57,54 mil milhões de euros) - menos 1,64% - e vendeu produtos no valor de 29,59 mil milhões de dólares (27,78 mil milhões de euros), menos 18,19% face a 2015.

O Brasil manteve-se como o principal parceiro económico da China, com o volume das trocas comerciais bilaterais a cifrar-se em 67,56 mil milhões de dólares (63,43 mil milhões de euros) em 2016, menos 5,91% relativamente a 2015.

Com Angola, o segundo parceiro chinês no universo da lusofonia, as trocas comerciais caíram 20,94%, para 15,57 mil milhões de dólares (14,61 mil milhões de euros) entre janeiro e dezembro do ano passado.

Já com Portugal - terceiro parceiro da China no universo de países de língua portuguesa -, o comércio bilateral ascendeu a 5,61 mil milhões de dólares (5,26 mil milhões de euros) - mais 28,54% -, numa balança comercial favorável a Pequim, que vendeu a Lisboa bens na ordem de 4,03 mil milhões de dólares (3,78 mil milhões de euros) - mais 39,30% - e comprou produtos avaliados em 1,58 mil milhões de dólares (1,48 mil milhões de euros), mais 7,36%.

Só no mês de dezembro, as trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa ascenderam a 7,64 mil milhões de dólares (7,17 mil milhões de euros), um decréscimo de 1,23% face ao mês anterior. 


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O acervo bibliográfico sobre a emigração portuguesa
Daniel Bastos
Historiador
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ