ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lesados do BES vão ter direito a isenção fiscal
Revista PORT.COM • 25-Mar-2017
Lesados do BES vão ter direito a isenção fiscal



Será constituído um veículo privado com uma garantia do Estado que poderá chegar aos 286 milhões de euros se todos os lesados aderirem à solução.

Os investidores não qualificadores em papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES) vão beneficiar de uma isenção do IRS sobre o montante do capital investido que vai ser recuperado. A solução será concretizada através de uma alteração ao código do IRS e que consta do anteprojeto lei para o mecanismo de indemnização e que prevê a recuperação entre 50% e 75% do capital investido.

O documento deverá estar pronto na próxima semana. A informação foi adiantada pelo Jornal Económico, que cita fonte próxima do próximo e que diz que o objetivo desta medida é evitar que o pagamento seja encarado como novo rendimento e tributado dessa forma.

Em causa estão cerca de 4000 clientes que investiram, nos balcões do BES, 434 milhões de euros em papel comercial das empresas Espírito Santo Financial e Rioforte, do GES.

Os lesados do BES terão, depois, um mês para decidir se aceitam a proposta. Se pelo menos metade dos afetados assumir estas condições, o documento é viabilizado e a mediação destes casos será feita fora dos tribunais.

O pagamento aos lesados será feito em forma de tranche: a primeira ‘fatia’, de perto de 30% do valor, será paga até final de maio; o restante valor, a pagar em duas partes iguais, será liquidado em 2018 e 2919, recorda o mesmo jornal.

Quem investiu até 500 mil euros, pode recuperar até 75% do valor ate um limite de 250 mil euros; quem aplicou mais de 500 mil euros pode recuperar até 50%. O valor será reembolsado por aplicação e não por cliente. 


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ