ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

'Portugal Sou Eu' contribuiu para aumento de vendas em 82,6% das empresas
Revista PORT.COM • 27-Out-2017
'Portugal Sou Eu' contribuiu para aumento de vendas em 82,6% das empresas



O programa 'Portugal Sou Eu' apresentou, em Lisboa, um estudo, da responsabilidade do Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) que revela que 82,6% das empresas inquiridas consideram que as suas vendas beneficiaram com a adesão à iniciativa.

A coordenadora do estudo, Helena Martins Gonçalves, disse que o ISEG foi contactado pelo programa para fazer um balanço do mesmo e acrescentou que o trabalho foi desenvolvido, a partir de três vetores principais - negócios, emprego e maturidade do produto.

No entanto, verifica-se que apenas 12,7% das instituições inquiridas conseguem quantificar o impacto que a adesão ao 'Portugal Sou Eu' tem nas vendas.

Helena Martins Gonçalves acrescenta à agência Lusa que, muitas vezes, as empresas não percebem o impacto direto que o programa tem nas vendas, mas reconhecem que existe um impacto indireto, uma vez que os consumidores passam a reconhecer os produtos que têm o selo da iniciativa.

No que se refere aos motivos que levaram as instituições a aderir ao programa, 68% dos inquiridos considera que é "muito importante" no que diz respeito à melhoria da notoriedade das marcas e dos produtos, enquanto 48,4% classifica como "importante" para aumentar as vendas das empresas.

Já 60,5% considera que é "muito importante" ser uma entidade externa a atestar que o produto é português.

De acordo com o estudo, verifica-se que 18,8% dos inquiridos coloca o selo do programa apenas em alguns produtos.

Apesar de existirem vários cenários que podem justificar esta escolha, a coordenadora do estudo indica que existem entidades que se dedicam à exportação e, por isso, a aplicação do selo não se justifica, uma vez que o seu significado não é percetível para os estrangeiros.

Por outro lado, Helena Martins Gonçalves refere que a adesão ao programa implica um conjunto de requisitos, que nem todas as empresas e produtos cumprem.

No que se refere à avaliação global e perspetivas futuras do 'Portugal Sou Eu', do total de empresas, mais de 80% demonstra interesse num eventual programa de qualificação para integrar redes de fornecedores de grandes empresas.

O estudo do impacto da adesão das empresas ao programa inquiriu 153 instituições, através de um questionário eletrónico, das quais, mais de 80% detinham cerca de 50 colaboradores.

Lançado em 2012, pelo Governo, o programa 'Portugal Sou Eu' tem como objetivos promover o equilíbrio da balança comercial, combater o desemprego, melhorar a competitividade e contribuir para o crescimento sustentado da economia.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Observatório dos Lusodescendentes
Daniel Bastos
Historiador
La Lys: Celebrações com sentido reparador
Paulo Pisco
Deputado do PS
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
A Oriente nada de novo?
José Caria
PORTUGAL
“Acreditem no potencial que existe nas comunidades”
Isabelle Coelho-Marques
PORTUGAL
“Não foi por acaso que Portugal foi o melhor destino do mundo em 2017”
Pedro Machado
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ