ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Fundação La Caixa destina 3 milhões para vítimas de incêndios em Portugal
Revista PORT.COM • 28-Out-2017
Fundação La Caixa destina 3 milhões para vítimas de incêndios em Portugal



A Fundação Bancária La Caixa vai doar três milhões de euros para apoiar as vítimas dos incêndios em Portugal, no âmbito do seu acordo com o Banco Português de Investimento (BPI).

Em comunicado, a espanhola La Caixa especificou que, dos três milhões, um milhão será destinado às vítimas de Pedrógão Grande e dois milhões aos concelhos afetados pelos incêndios que deflagraram no dia 15 de outubro.

Os três milhões vão destinar-se fundamentalmente à recuperação de habitações afetadas pelo fogo, indica a fundação.

No comunicado, aquela instituição explicou ainda que, no caso de Pedrógão Grande, a verba será aplicada através de um protocolo com o Fundo Revita, que será assinado no dia 2 de novembro.

"No caso dos violentos incêndios dos últimos dias, serão disponibilizados dois milhões de euros adicionais", que vão ser distribuídos "através de acordos a estabelecer com as autoridades portuguesas", revelou.

A Fundação Bancária La Caixa está a desenhar o plano de implementação da sua ação social em Portugal, fruto da sua associação com o BPI, depois de o CaixaBank ter tomado o controlo da instituição portuguesa no mês de fevereiro.

Inicialmente, a Fundação Bancária vai lançar os programas estratégicos de cuidados paliativos e continuados, de atenção às pessoas mais velhas, de integração laboral e de apoio à investigação médica.

A instituição vai ocupar-se, também, do desenvolvimento das regiões transfronteiriças e da colaboração com museus e entidades culturais portuguesas.

O plano estratégico da instituição abrange um investimento de mais de 2 mil milhões de euros entre 2016 e 2019.


Etiquetas

Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ