ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Remessas dos imigrantes caem 16,3% em setembro para 39,7 milhões de euros
Revista PORT.COM • 22-Nov-2017
Remessas dos imigrantes caem 16,3% em setembro para 39,7 milhões de euros



As remessas dos emigrantes subiram 0,2%, para 285,5 milhões de euros em setembro, enquanto as verbas enviadas pelos estrangeiros a trabalhar em Portugal caíram 16,3%, para 39,7 milhões de euros.

De acordo com os dados do Banco de Portugal, publicados no site do supervisor financeiro, os emigrantes enviaram 285,5 milhões de euros em setembro, o que representa um pequeno acréscimo de 0,2% face aos 284,8 milhões enviados em setembro do ano passado.

Em sentido contrário, os estrangeiros a trabalhar em Portugal enviaram para os seus países de origem 39,7 milhões de euros, o que equivale a um decréscimo de 16,3% face aos 47,5 milhões de euros enviados no período homólogo do ano passado.

Entre as maiores subidas percentuais está o volume de verbas enviado pelos emigrantes no Reino Unido, que transferiram para Portugal 34 milhões de euros, o que representa uma subida de 61,2% face aos 21,09 milhões enviados em setembro do ano passado.

Como habitualmente, os emigrantes em França, com 98,4 milhões, e na Suíça, com 52,2 milhões, representam os países de onde vieram mais verbas para Portugal.

Os emigrantes nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) enviaram 19,13 milhões de euros em setembro, o que representa uma ligeira descida de 2,05% face aos 19,53 milhões enviados no período homólogo do ano passado.

Angola, como é tradicional, representa a grande maioria desta verba e define a tendência: os emigrantes nesse país enviaram para Portugal 18,36 milhões de euros, uma descida de 0,1% face aos 18,38 milhões enviados em setembro do ano passado.

Em sentido inverso, os imigrantes dos PALOP em Portugal enviaram para os seus países de origem 3,16 milhões de euros, menos 7,33% que em setembro do ano passado, quando enviaram 3,41 milhões.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Aqui, Brasil
Francisco Serra
Cônsul honorário de Portugal em Pelotas, Brasil
Condições mais favoráveis ao exercício do direito de voto
José Vítor Soreto de Barros
Presidente da Comissão Nacional de Eleições
Brasília, El Dorado Luso
Jack Soifer
Consultor Internacional
DISCURSO DIRETO
Um zacatrás por Portugal
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
Há condições para viver em Arcos de Valdevez
João Esteves, presidente da CM de Arcos de Valdevez
PORTUGAL
A comunidade portuguesa e a Venezuela
Paulo Pisco
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ