ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Prémio distingue micro, pequenas e médias empresas portuguesas nos EUA
Revista PORT.COM • 19-Dez-2017
Prémio distingue micro, pequenas e médias empresas portuguesas nos EUA



O vencedor do prémio FLAD.EY BUZZ USA, que apoia o esforço de internacionalização de micro, pequenas e médias empresas portuguesas nos Estados Unidos, vai ser anunciado amanhã, revelou a Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD).

A empresa vencedora, deste prémio, atribuído em parceria com com a consultora EY, terá oportunidade de participar num programa de imersão em Silicon Valley, na Califórnia, incluindo viagem e estada para duas pessoas durante quatro semanas.

O secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, estará na sede da FLAD para anunciar o vencedor do prémio, escolhido de entre um grupo de 15 finalistas.

O presidente da FLAD, Vasco Rato, disse que a fundação apoia o prémio, porque "se adequa à missão de contribuir para o desenvolvimento de Portugal, através do apoio financeiro e estratégico a projetos inovadores e do incentivo à cooperação entre a sociedade civil portuguesa e a norte-americana".

O júri do prémio é presidido por Jorge Gabriel, administrador da FLAD, e composto por Sofia Tenreiro, diretora-geral da CISCO, Duarte Pitta Ferraz, professor da Nova SBE e da Nottingham Business School, Luís Manuel, administrador executivo da EDP Inovação, e António Murta, sócio e co-fundador da Pathena.

O grupo selecionou 15 micro, pequenas e médias empresas constituídas há menos de cinco anos e com maior potencial de internacionalização e exportação para os EUA.

"Esta iniciativa assume como prioritária a promoção da internacionalização do tecido empresarial português. Julgo ser fundamental apoiar empresas já em crescimento, com pelo menos cinco anos de atividade, o que lhes confere uma credibilidade acrescida. Por outro lado, potenciamos a interação das empresas portuguesas com um mercado extremamente desenvolvido e competitivo como o norte-americano", explicou Vasco Rato.

Entre as 15 finalistas, estão empresas de Lisboa, Porto, Aveiro, Coimbra, Aveiro, Braga, Évora e Faro que se distribuem por áreas tão distintas como vestuário, alimentação, tecnologia, cuidados de saúde ou cosmética.

Durante o programa de imersão em Silicon Valley, os vencedores serão acompanhados pela West to West, organização que visa promover a ligação entre Portugal e a costa Oeste dos EUA.

Segundo a organização, o programa "permitirá o acesso a uma importante rede de contactos, conhecer o ambiente característico das startups, visitar empresas de alta tecnologia e participar em reuniões estratégicas para o negócio."


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ