ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugueses trocaram quase 58 mil notas de escudo no final do ano
Revista PORT.COM • 04-Jan-2018
Portugueses trocaram quase 58 mil notas de escudo no final do ano



Os portugueses trocaram 57.889 notas de escudo, entre 26 e 29 de dezembro, totalizando 882.478,23 euros em contravalor, segundo dados do Banco de Portugal (BdP).

"Entre os dias 26 e 29 de dezembro, foram trocadas 57.889 notas de escudo, das quais apenas 12.837 notas com data de prescrição a 1 de janeiro de 2018", informou a instituição financeira.

De acordo com o BdP, o contravalor do total de notas de escudo trocadas foi de 882.478,23 euros, dos quais 200.282,32 euros referentes às notas com data de prescrição a 1 de janeiro de 2018.

O prazo para trocar cinco chapas de notas de mil, dois mil, cinco mil e dez mil escudos, terminou em 29 de dezembro. Em causa estão 2,7 milhões de notas de mil escudos-chapa 12 com a efígie de Teófilo Braga, 500 mil notas de dois mil escudos-chapa 1 com a efígie de Bartolomeu Dias, 700 mil notas de cinco mil escudos-chapas 2/2A com a efígie de Antero de Quental e 200 mil notas de dez mil escudos-chapa 1 com a efígie de Egas Moniz.

Todas estas notas foram retiradas de circulação em 31 de dezembro de 1997, sendo que as notas de mil escudos-chapa 12 entraram em circulação em 04 de agosto de 1988, as notas de dois mil escudos-chapa 1 circularam a partir de 23 de outubro de 1991, as notas de cinco mil escudos-chapa 2 e chapa 2A entraram em circulação em 28 de setembro de 1987 e em 30 de março de 1989, respetivamente. As notas de dez mil escudos-chapa 1 estrearam-se em 02 de outubro de 1989.

De acordo com o BdP, até 30 de abril de 2018 (inclusive) podem ainda ser trocadas as notas de 500 escudos-chapa 12 e, até 29 de fevereiro de 2022 (inclusive), as notas de 500 escudos-chapa 13, mil escudos-chapa 13, dois mil escudos-chapa 2, cinco mil escudos-chapa 3 e 10 mil escudos-chapa 2.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
ENTREVISTA
Luís Faro Ramos, Presidente do Camões I.P.
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ