ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Brexit é oportunidade para aprofundar 'relação especial' com Reino Unido
Revista PORT.COM • 15-Abr-2018
Brexit é oportunidade para aprofundar 'relação especial' com Reino Unido



O primeiro-ministro, António Costa, defendeu que o 'Brexit' é uma oportunidade para Portugal e o Reino Unido aprofundarem a sua 'relação especial' secular, numa intervenção num evento destinado a atrair investimento britânico.

"Temos de transformar o 'Brexit' numa oportunidade para ambos os nossos países aprofundarem a nossa relação especial, tanto política como economicamente. O importante agora é minimizar as consequências negativas do 'Brexit' e desenvolver um relacionamento o mais próximo possível do Reino Unido", afirmou Costa, no discurso de encerramento do fórum económico Portugal/Reino Unido realizado no edifício da Bloomberg, em Londres.

António Costa salientou que "o projeto europeu é de paz e progresso, mas também de oportunidade. E continuará a ser. As empresas britânicas continuarão a atravessar o canal em busca de produtos personalizados e lucros, assim como o nosso".

Numa referência ao tratado de Windsor de 1386, o primeiro-ministro prometeu que Portugal será sempre "um amigo do Reino Unido e um amigo das empresas britânicas", acrescentando: "Em Portugal, encontrarão um porto seguro e um terreno fértil para o seu investimento. Com efeito, para as empresas britânicas, eu digo - ao abrir em Portugal, podem ter um dois-em-um, 'Brexit' no Reino Unido e permanecer na UE, investindo em Portugal".

Segundo dados partilhados no evento, o Investimento Direto Estrangeiro (IDE) britânico em 2017 subiu 427%, para 758 milhões de euros, comparando com os 144 milhões de euros registados em 2016, tomando a quarta posição na tabela de investidores estrangeiros e a segunda no conjunto dos países europeus.

Porém, o valor de 2017 ainda não chegou ao pico registado em 2015, quando Portugal atraiu 853 milhões de euros de investimento britânico.

O mercado britânico é o quarto maior destino para as exportações de bens e serviços portugueses, que em ascenderam a 8.074 milhões de euros, um aumento de 7,4% face aos 7.521 milhões em 2016.

O saldo da balança comercial foi no ano passado de 4.675 milhões de euros, tendo em conta as importações de 3.399 milhões de euros que Portugal fez de bens e serviços britânicos.

O Reino Unido é também o principal mercado emissor de turistas: em 2017 contabilizou um crescimento de 14,3% para 2.591 em termos de receitas relativamente ao ano anterior, e um aumento de 1,1% em número de dormidas, 9.280 registadas no ano passado.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ