ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Ministro dos Negócios Estrangeiros considera que saldo migratório positivo revela um país melhor
Revista PORT.COM • 18-Jun-2018
Ministro dos Negócios Estrangeiros considera que saldo migratório positivo revela um país melhor



O ministro dos Negócios Estrangeiros considerou que Portugal tem agora melhores condições de vida para oferecer a portugueses e estrangeiros, ao comentar dados do INE que apontam para um saldo migratório positivo pela primeira vez desde 2010.

«Baixou em cerca de 6.500 o número de emigrantes permanentes - os portugueses que saíram de Portugal por mais de um ano - e também se reduziu em cerca de 9.600 o número de emigrantes temporários», disse Augusto Santos Silva à agência Lusa.

Por outro lado, aumentou o número de estrangeiros que entram no país.

Santos Silva frisou que estes números ajudam a atenuar a quebra verificada na população, em termos gerais, e demonstram que a economia portuguesa tem hoje mais condições para criar investimento e postos de trabalho.

«Estes factos são bastante positivos porque há vários anos, desde 2010, que Portugal não registava um saldo migratório positivo», sublinhou, acrescentando que a emigração tem sobretudo uma causalidade económica.

«O facto de menos portugueses emigrarem significa que encontram aqui mais oportunidades de emprego e remuneração, o que aliás bate certo com o facto de estar a reduzir-se muito a taxa de desemprego em Portugal e estar a aumentar a criação de investimento e postos de trabalho e o facto de haver mais imigrantes significa também que o desenvolvimento económico do país está a criar oportunidades para mão-de-obra estrangeira», declarou.

Os dois factos são positivos, defendeu, porque ambos «significam que a economia está a crescer».

«Com mais portugueses que deixam de ter de emigrar e com mais atração de trabalhadores estrangeiros para trabalharem em Portugal, isto significa que as nossas condições para criar riqueza melhoram», sustentou.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou recentemente as estimativas da população 2017, segundo as quais Portugal continuou a perder população no ano passado, embora a um ritmo inferior a anos anteriores, facto atribuído ao saldo migratório positivo.

O número de imigrantes superou em 4.886 o de pessoas que emigraram.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ