ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

LactAçores promove o Queijo São Jorge DOP em Portugal
Revista PORT.COM • 25-Set-2018
LactAçores promove o Queijo São Jorge DOP em Portugal



Produzido artesanalmente na ilha de São Jorge desde que esta foi descoberta, no século XV, o Queijo São Jorge DOP deve a sua especificidade às características dos pastos abundantes nas zonas de média e elevada altitude, além da perícia e dos saberes dos queijeiros jorgenses.

A LactAçores, união de cooperativas produtoras de lacticínios dos Açores, responsável pela comercialização destes produtos do arquipélago, promoveu recentemente uma ação de promoção do Queijo São Jorge DOP, com o objetivo dinamizar e sensibilizar para a importância deste produto na economia regional e no Património Gastronómico Nacional.

O evento teve lugar em Castanheira do Ribatejo (Vila Franca de Xira) e contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, do secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, o presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, o presidente da Câmara Municipal de Velas (São Jorge), Luís Silveira. Coube a Gil Oliveira, presidente da Lactaçores, e a António Aguiar, presidente da Uniqueijo, explicaram como é feito o Queijo de São Jorge DOP.

«A economia dos Açores tem no setor dos lacticínios o seu principal motor. Imaginem a quantidade de famílias que dependem diretamente do sucesso dos nossos produtos. Pessoas genuínas e humildes. Pessoas de trabalho. Com um único foco, o de levar o melhor leite produzido pelas nossas vacas, que pastam 365 dias ao ar livre», realçou Gil Oliveira, presidente da LactAçores.

É das prateleiras da Uniqueijo - que agrupa oito cooperativas com 129 produtores, emprega 95 funcionários e produz mais de 15 milhões de litros de leite - que sai o queijo tradicional São Jorge DOP, obtido a partir de leite cru de vaca e com um tempo de cura mínimo de três meses. Produzido artesanalmente na ilha de São Jorge desde que esta foi descoberta, no século XV, o Queijo São Jorge DOP deve a sua especificidade às características dos pastos abundantes nas zonas de média e elevada altitude, além da perícia e dos saberes dos queijeiros jorgenses.

Há cerca de 200 anos, o queijo de São Jorge já tinha a forma atual, cilíndrica e volumosa, tendo-se até produzido alguns por encomenda especial. Em 1986, foi criada a Região Demarcada do Queijo de São Jorge e atribuída a regulamentação do registo de Denominação de Origem Protegida (DOP) à marca Queijo de São Jorge.

Fundada em 2004 nos Açores, a LactAçores é formada por cooperativas que representam cada ilha do arquipélago, entre elas a Uniqueijo (São Jorge), a C.A.L.F (Faial), a Unileite (São Miguel) e a Leite Montanha (Pico). Operando a nível global, com exportações para os cinco continentes, a LactAçores comercializa essencialmente leite, natas, queijos e manteiga, através da distribuição dos seus produtos, do armazenamento e do apoio logístico, trabalhando com 1113 produtores, 569 funcionários e 238.504.381 litros de leite.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ