ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

200 empresários de 36 países reúnem-se no Ribatejo à procura de negócios
Revista PORT.COM • 13-Out-2018
200 empresários de 36 países reúnem-se no Ribatejo à procura de negócios



A Associação Empresarial da Região de Santarém vai reunir, de 15 a 17 deste mês, em Tomar, 200 empresários de 36 países, na sétima edição do Nersant Business, encontro que visa aumentar as exportações e o investimento no Ribatejo.

Em comunicado, a Nersant afirma que o encontro internacional de negócios que promove desde 2012 na região se afirmou como «uma das maiores mostras de 'networkig' em Portugal», com impacto nas empresas e na economia ribatejana.

A associação afirma que uma análise aos dados das 102 empresas da região, que participaram nas edições de 2014 e 2015, mostram que as suas exportações cresceram 31% entre 2012 e 2016.

Nesse período, o volume de exportações destas empresas aumentou 28 milhões de euros (mais 31%), o volume de negócios cresceu mais de 75 milhões de euros (19%) e os resultados líquidos passaram de um valor negativo de 3,6 milhões para 20 milhões de euros (mais 463%).

Por outro lado, foram criados 645 postos de trabalho (um crescimento de 23%) e as empresas exportadoras subiram de 65 para 75, afirma.

Iniciado em 2012, com a participação de seis países estrangeiros, o evento promove encontros entre empresários da região e importadores e investidores de outros países, facilitando a concretização de negócios, com o objetivo de aumentar as exportações e atrair investimento estrangeiro para a região.

Para a presidente da Nersant, Maria Salomé Rafael, o crescimento registado ao longo dos anos mostra que o Nersant Business «é já uma marca de prestígio».

Aos países que participaram em edições anteriores - África do Sul, Alemanha, Argélia, Bélgica, Brasil, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, Colômbia, Emiratos Árabes Unidos, Equador, EUA, França, Holanda, Hungria, Índia, Irão, Marrocos, México, Moçambique, Namíbia, Paraguai, Peru, Polónia, Reino Unido, Roménia e São Tomé e Príncipe -, juntam-se este ano Arábia Saudita, Argentina, Finlândia, Hong Kong, Lituânia, Qatar, Suécia, Tunísia e Uruguai.

Os setores com maior peso de representação são a agroindústria, o comércio de produtos agroalimentares e bebidas, a construção civil e obras públicas, os materiais de construção, as energias renováveis/alternativas, a metalomecânica, os transportes e logística, as tecnologias da informação e da comunicação (TIC), entre outros.

A iniciativa é desenvolvida no âmbito do projeto Ribatejo Global, aprovado pelo COMPETE 2020 no âmbito do SIAC (Sistema de Apoio a Ações Coletivas) e financiado pela União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
As comunidades portuguesas e o desenvolvimento de Portugal
Berta Nunes
secretária de Estado das Comunidades
O desastre consular e o deputado das comunidades
José Cesário
, Deputado do PSD por Fora da Europa
A ameaça das Redes Sociais e a tomada de consciência
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Mensagem de Natal
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República
PORTUGAL
O português que conquistou notoriedade na PGR do Brasil
Alcides Martins, PGR do Brasil
PORTUGAL
Sagres e Luso:Tradição e Modernidade
Nuno Pinto Magalhães
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ