ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portuguesa Hi Fly é a primeira companhia aérea do mundo a voar sem plásticos a bordo
Revista PORT.COM • 12-Jan-2019
Portuguesa Hi Fly é a primeira companhia aérea do mundo a voar sem plásticos a bordo



Numa iniciativa inovadora para o setor de aviação a nível global, a Hi Fly fez o primeiro voo comercial do mundo completamente livre de plásticos descartáveis.

A Hi Fly, uma companhia aérea portuguesa, tornou-se pioneira no mundo a viajar sem qualquer plástico a bordo. O primeiro de quatro testes em viagens aconteceu no dia 26 de dezembro de 2018, de Lisboa (Portugal) para Natal (Brasil), e a experiência foi vivida pelos 700 passageiros.

Antes da descolagem, o presidente da Hi Fly, Paulo Mirpuri, comentou: «Este histórico voo Hi Fly, operado sem nenhum item de plástico a bordo, reforça o nosso compromisso de fazer da Hi Fly a primeira companhia aérea 'livre de plásticos' do mundo dentro de um ano».

«A nossa missão corporativa é baseada na sustentabilidade e trabalhamos lado a lado com a Fundação Mirpuri para garantir que as nossas práticas corporativas correspondam às nossas responsabilidades mais amplas para com o planeta. Estes voos resultarão em cerca de 350 kg de plásticos descartáveis evitados, que não contribuirão assim para envenenar o nosso meio ambiente», realçou.

Pedro Ramos, diretor-geral do operador turístico Alto Astral, a empresa que fretou os voos entre Lisboa e o Brasil, comentou o facto de participar neste importante evento do setor.

«A Alto Astral está muito entusiasmada por estar envolvida nesta iniciativa e acreditamos que as futuras gerações agradecerão àqueles que estão já preparados para fazer a diferença agora».

 

"Todos juntos por um mundo melhor"

O voo de teste sem plásticos é apenas o mais recente passo da Hi Fly para tornar toda a sua frota "livre de plásticos" até o final de 2019.

Entre as dezenas de itens de plástico de uso único que foram substituídos estão: copos, colheres, saleiros e pimenteiros, sacos para enjoo, embalagens para roupa de cama, pratos, embalagens de manteiga individuais, garrafas de refrigerantes e escovas de dentes.

E entre as muitas inovações apresentadas aos passageiros no voo, pelos especialistas ambientais da Hi Fly, estarão os talheres de bambu, uma série de embalagens de papel e recipientes biodegradáveis que, uma vez usados, podem ser prontamente compostáveis.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Festival das Migrações, Culturas e Cidadania
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ