ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Emigrantes portugueses enviam cada vez mais dinheiro para Portugal
Revista PORT.COM • 22-Jan-2019
Emigrantes portugueses enviam cada vez mais dinheiro para Portugal



O Banco de Portugal divulgou que as verbas passaram para 322,9 milhões em novembro deste ano, o que apresenta um aumento de 14%. França foi o maior mercado emissor em novembro.

As remessas dos emigrantes aumentaram 14% em novembro de 2018, para 323 milhões de euros, face ao mesmo mês de 2017, ultrapassando em 6,3% o total de 2017, quando falta ainda contabilizar o mês de dezembro.

De acordo com os dados divulgados pelo Banco de Portugal, os emigrantes portugueses enviaram, em novembro do ano passado, 322,9 milhões de euros, o que representa uma subida de 14% face aos 283,4 milhões enviados em novembro de 2017.

Olhando para o acumulado até novembro, sabe-se que o valor para o ano passado, 3.554,8 milhões de euros, ultrapassa já em 6,3% o valor para o total do ano de 2017, ano em que os emigrantes enviaram para Portugal 3.343,2 milhões de euros, faltando ainda contabilizar o mês de dezembro, cujos dados só estarão disponíveis daqui a um mês.

Como habitualmente, em novembro, os trabalhadores portugueses em França foram os que mais contribuíram para a subida, tendo enviado 88,3 milhões de euros, o que representa uma descida de 7,5%, mas ainda assim bem acima dos emigrantes na Suíça, o segundo maior país emissor, que enviaram 65,5 milhões, evidenciando uma subida de 9,2% face aos valores de novembro de 2017.

No que diz respeito aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), as remessas subiram 6,2%, de 25,8 milhões em novembro de 2017, para 27,4 milhões de euros no mesmo mês do ano passado.

De janeiro a novembro do ano passado, os emigrantes nos PALOP já enviaram para Portugal mais 17,2% do que no total de 2017, uma vez que o valor de 216,48 registado no total de 2017 já foi ultrapassado pelos 253,74 enviados até ao penúltimo mês do ano passado.

Angola, como habitualmente, é o maior mercado emissor, com 26,7 milhões de euros, o que representa uma subida de 6,3% face aos 25,1 milhões enviados em novembro de 2017.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ