ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Características regionais destacam vinhos portugueses em Dusseldorf
Revista PORT.COM • 18-Mar-2019
Características regionais destacam vinhos portugueses em Dusseldorf



Produtores vinícolas presentes na feira ProWien dizem que são características intrínsecas de cada região que distinguem as marcas nacionais de vinho. Evento decorre até amanhã e junta mais de 7.000 produtores vinícolas em Dusseldorf, na Alemanha.

Na 25.ª edição da maior feira de vinhos e bebidas espirituosas da Europa marcam presença cerca de 390 produtores vinícolas nacionais, sendo que Portugal tem reservado um espaço de 3000 metros quadrados.  

Em declarações à agência Lusa, Luís Cerdeira da Soalheiro, da marca da região norte, destacou a «diferenciação» do trabalho do produtor, sublinhando que o vê [no produtor] como «um parceiro», apesar de possuir sempre a intenção de ver a sua produção como «algo único». Luís Cerdeira admite também que o crescente interesse pelos vinhos da região do Melgaço tem sido impulsionado pelo turismo, visto que permite aos estrangeiros conhecerem a «realidade da adega», explicou.

O objetivo da marca passa por um posicionamento de topo no mercado dos vinhos brancos, apostando em linhas como frutados, minerais ou de altitude.

Para Nicolas Giannone, diretor geral da Falua - marca de vinhos do Tejo - a presença no evento «é importantíssima», não só porque o mercado alemão «é apetecível», mas também porque é «um ponto de encontro» para compradores do todo o mundo. O diretor geral destaca a «frescura» dos vinhos do Tejo, os seus «aromas» e a «facilidade em beber» para justificar a sua crescente procura pelos consumidores em detrimento de outros, como os do Douro ou Alentejo.  Nicolas Giannone espera agora que esta procura se converta em «oportunidades de negócio», admitiu.

Para além da Soalheiro e da Falua, estão também presentes no stand português marcas como a Adega Ponte de Lima, a Lagoalva, a Ribafreixo 'Wines', a Quinta do Pinto e a Quinta da Samoça.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ