ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Consultora portuguesa George traça perfil aos mercados de emprego na Irlanda e Reino Unido
Revista PORT.COM • 21-Dez-2016
Consultora portuguesa George traça perfil aos mercados de emprego na Irlanda e Reino Unido



A empresa especializada na assessoria de executivos na procura de novos projetos profissionais em Portugal e no estrangeiro partilha informação sobre os mercados de emprego nas ilhas britânicas.

A GEORGE Recruiters & Career Change Consultants, empresa especializada na assessoria de executivos na procura proactiva de novos projetos profissionais em Portugal e em diversos países da Europa, África e Golfo Arábico, foi uma das dezenas de empresas apresentadas no “I Encontro de Investidores da Diáspora”, que decorreu nos dias 16 e 17, em Sintra. A consultora fundada em abril do ano passado, em Lisboa (onde se encontra sediada), partilhou com a Revista PORT.COM informação sistematizada dos mercados de emprego na República da Irlanda e Reino Unido.

 

República da Irlanda

Cerca 4.6 milhões de habitantes (um milhão e meio sediados em Dublin e 500 000 em Cork, a segunda maior cidade); Vivem no país mais de 5 000 portugueses, número que tem vindo a crescer); 13% de estrangeiros na população ativa (250 000 pessoas); Taxa de Desemprego: 9.3% (que tem vindo a decrescer significativamente); PIB cresce a 7%/ ano - "Fastest growing economy in Europe”; Salário mínimo: 1.400 €/ mês (9.5 €/hora); Considerada por diversas organizações internacionais "Best Country in the world to do business": Taxas máximas de IRC de 12.5% (diversas multinacionais conseguem taxas médias de 8%/ ano); 9 em cada 10 multinacionais de IT têm a sua sede europeia na Irlanda (Google, Apple, Amazon, Linkedin...); 8 em cada 10 multinacionais farmacêuticas e de Medical Devices têm sede europeia na Irlanda; mais de 1 100 multinacionais têm a sua sede europeia na Irlanda; Em 2015 o número de casas e carros vendidos no país bateu todos os recordes, o que espelha a prosperidade desse mercado; Este ano de 2016 a República da Irlanda comemora o seu 100.º aniversário; Presentemente, um elevado número de gestores de empresas prevê fazer diversas novas contratações - "Skills Shortage" (Tecnologias, R&D, Commercial and Digital Skills); Economia muito focada nos serviços e nas tecnologias de última-geração; O Estado Irlandês está a iniciar e a fazer diversas obras públicas de vulto (Autoestradas, metro de superfície em Dublin...); Os Irlandeses gostam muito muito de Portugal e prestigiam os quadros portugueses; Dublin concentra a clara maioria das multinacionais e negócios do país (cerca de metade dos novos empregos criados em 2015 foram-no na sua capital, apesar do Governo estar a incentivar as empresas a estabelecerem-se noutros polos, como Cork e Limerik); Irlanda é uma economia extremamente atraente para as multinacionais, em especial dos EUA, dados as suas atraentes taxas de impostos corporativas, mas também dadas suas ótimas ligações por via aérea e terrestre ao resto do mundo, qualidade dos serviços prestados pelas empresas locais, população ativa bem treinada em fluente em Inglês, entre outros fatores.

 

Reino Unido (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte)

Cerca de 63,7 milhões de habitantes (incluindo mais de 700 000 portugueses e lusodescendentes); 40 000 cidadãos do Reino Unido residentes em Portugal (a maioria no Algarve); PIB per capita: 29.369€ (PIB cresce a 2,9%/ano); Taxa de Desemprego: 5,6%; 31 milhões de cidadãos empregados; mercado de emprego muito flexível e com grande apetência para a contratação de estrangeiros; Londres é uma das três principais capitais financeiras do mundo que representa cerca de 40% do PIB do Reino Unido; na City, zona financeira de Londres, mais de um terço da população ativa são estrangeiros das mais diversas nacionalidades (cerca de 20% a nível nacional); 5.ª maior economia do mundo; 11.º maior país exportador e 5.º maior país importador do mundo; Economia muito sofisticada, aberta e com alto poder aquisitivo; Presentemente, defrontam-se com importantes carências de quadros de Engenharia para empresas dos sectores de Oil & Gas, Aeronáutica, Tecnologias & Telecomunicações, Eletrónica, entre outras, assim como de Quadros Médicos. Salário mínimo: 7,20 Libras/ hora; Salário médio de um recém-licenciado: 17 500 Libras/ano.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
O retrato dos votos da emigração
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ