ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Aprovados 1,7 milhões de euros para projetos de Inovação Social no Pinhal Interior
Revista PORT.COM • 13-Set-2019
Aprovados 1,7 milhões de euros para projetos de Inovação Social no Pinhal Interior



São 17 os projetos de inovação social aprovados no âmbito do concurso Parcerias para o Impacto que a Portugal Inovação Social dirigiu, em exclusivo, à região do Pinhal Interior, para promover a sua revitalização, na sequência dos incêndios de 2017.

A dotação inicial de 1 milhão de euros do concurso foi ultrapassada, tendo sido destinados a estes projetos 1,7 milhões de euros de financiamento proveniente do Fundo Social Europeu, a que se somam 700 mil euros de investimento social, mobilizado através das 61 parcerias firmadas com vários parceiros públicos e privados, totalizando 2,4 milhões de euros de investimento total.

Os projetos aprovados distribuem-se pelas áreas da Educação, Emprego, Inclusão Social, Proteção Social e Saúde e vão ser implementados em 15 dos 19 municípios do Pinhal Interior: Alvaiázere, Ansião, Arganil, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Lousã, Mação, Miranda do Corvo, Oleiros, Oliveira do Hospital, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Penela, Tábua e Vila Nova de Poiares, sendo que 12 municípios co-investiram montantes próprios.

Entre os 17 projetos finalistas  destacam-se dois projetos que procuram atenuar a precariedade económica e social do Pinhal Interior diretamente causada pelos incêndios de 2017.

O projeto Abrigo e Horta, promovido pela Associação Causa – Unidos por uma casa, irá apoiar os agricultores de Arganil, Castanheira de Pêra e Oleiros a retomar a sua atividade económica, e principal fonte de subsistência, através da construção de 53 abrigos e hortas. 

Já o projeto Elos com Futuro da Sana Casa da Misericórdia de Figueiró dos Vinhos irá implementar uma ação de apoio ao luto envolvendo 417 destinatários dos municípios de Figueiró dos Vinhos, Castanheira de Pêra e Pedrógão Grande, apoiando a pessoa em luto não só na perspetiva pessoal como na perspetiva de capacitar mais de 160 pessoas para o apoio ao luto, entre colaboradores das instituições parceiras e pessoas em luto, através de ações/workshops específicos. 

Ambos os projetos estarão vigentes ao longo de três anos. 

Os resultados agora atingidos foram fruto de uma parceria entre a Portugal Inovação Social e a Secretaria de Estado da Valorização do Interior que teve como principal objetivo reforçar as ações de desenvolvimento e revitalização daquele território. 

Com os resultados deste concurso, a Portugal Inovação Social soma 360 projetos aprovados nas regiões do Norte, Centro, Alentejo e Algarve, que totalizam 36 milhões de euros em financiamento público e que já mobilizaram 14 milhões de euros de outros investidores sociais. 

Até 21 de outubro, estão também abertos dois concursos dirigidos à região de Lisboa e Vale do Tejo.

 


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
Macau: uma oportunidade ainda a descobrir
Alberto Carvalho Neto
Presidente da AJEPC
A importância da participação eleitoral nas comunidades
José Luís Carneiro
SECP
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
DISCURSO DIRETO
A preservação da memória e identidade da emigração portuguesa na toponímia
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Portugal a votos
José Caria, Diretor-Adjunto da PORT.com
PORTUGAL
Lusos em Luanda
Jack Soifer, Consultor Internacional
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ