ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Pequim realiza simpósio comemorativo do 20º aniversário da entrega de Macau à China
Revista PORT.COM • 22-Out-2019
Pequim realiza simpósio comemorativo do 20º aniversário da entrega de Macau à China



Foi realizado este fim de semana, na Universidade de Pequim, um simpósio em torno do 20º aniversário da entrega de Macau à China.

Depois de duas décadas, o princípio “um país, dois sistemas” “é hoje um sucesso reconhecido em Macau”, obtendo apoio do Governo Central, após a culminação de esforços por parte de todos os setores da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), afirmou no evento Huang Liuquan, vice-diretor do Gabinete para os Assuntos de Hong Kong e Macau do Conselho de Estado.

Huang acrescentou estar receptivo a que os especialistas continuem a facultar propostas para o desenvolvimento de Macau no seu enquadramento local e regional.

“Macau testemunhou um período de 20 anos de prosperidade económica, estabilidade social e melhoria do bem-estar”, afirmou Luo Yonggang, vice-diretor do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM.

Luo atribui o sucesso do princípio “um país, dois sistemas” em Macau a três motivos, a persistência da sua aplicação, a integração no desenvolvimento da parte continental e a promoção da tradição do patriotismo.

No discurso de Lionel Leong Vai Tac, Secretário da Economia e Finanças da RAEM, a ligação de Macau com os países de língua portuguesa foi um dos destaques. 

Leong Vai Tac afirmou que Macau “pode desempenhar a vantagem de plataforma de serviços de cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa, reforçando o papel de promoção ao desenvolvimento da região adjacente”.

Através da plataforma de Macau, os empresários chineses podem reforçar a cooperação com os países de língua portuguesa na União Europeia (Portugal), América Latina (Brasil), em África (Angola, Moçambique). 

O mesmo se aplica em sentido inverso, “com exploração do mercado chinês por parte de empresários do mundo lusófono via Macau”, afirmou.

Macau pode ainda estabelecer um centro de liquidação da moeda Renminbi para os países de língua portuguesa, proporcionando serviços de cooperação financeira entre os dois pólos, apontou Leong Vai Tac.

No simpósio, académicos e especialistas discutiram temas relacionados com o desenvolvimento económico de Macau, o planeamento da Área de Grande Baía de Guangdong-Hong Kong-Macau, o desenvolvimento cultural e social de Macau, a aplicação da Lei Básica, entre outras questões.

 


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ