ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Marcas francesas lideram vendas de automóveis em Portugal
Revista PORT.COM • 03-Jan-2017
Marcas francesas lideram vendas de automóveis em Portugal



Em 2016 a Renault reforçou a liderança no mercado de veículos ligeiros e a também francesa Peugeot passou a ser a segunda marca que mais vende.

As vendas de automóveis registaram, em 2016, o menor aumento dos últimos três anos. Num ano em que a Renault reforçou a liderança no mercado de veículos ligeiros, a Peugeot passou a ser a segunda marca da mesma tabela, colocando-se assim duas marcas francesas como as que mais vendem em Portugal. A grande "derrotada" foi a alemã Volkswagen, que desceu para 3.ª.

De acordo com dados da Associação Automóvel de Portugal (ACAP), no acumulado de 2016 foram vendidos 247 343 carros em Portugal, mais 15,8% do que no ano anterior. Apesar de se ter verificado um aumento de vendas, os dados revelam um abrandamento do sector, com o aumento de vendas a ser o mais baixo dos últimos três anos - período em que o sector recuperou da queda abrupta vivida devido à crise financeira que afetou o país.

Todos os segmentos registaram crescimentos, tendo o maior aumento sido verificado nos pesados de passageiros (37,4%) e o menor nos comerciais ligeiros (13%). O mercado de ligeiros registou um crescimento total de 15,7% para 242 219 viaturas. Já o mercado de pesados cresceu 19,4% para 5 124 unidades.

Por marcas, no acumulado do ano, a Renault vendeu 33 312 veículos ligeiros, o que corresponde a 13,75% do mercado. A marca francesa reforçou assim a liderança no mercado nacional, já que, em 2015, a quota de mercado da Renault era de 12,78%.

A segunda marca mais vendida foi a Peugeot, com uma quota de 10,52%. Em terceiro lugar surge a Volkswagen, com uma quota de 7,9%, o que compara com os 9,01% registados há um ano.

No segmento de veículos pesados, é a Scania que lidera, sendo responsável por 18,5% do mercado, o que corresponde a um reforço de posição face à quota de mercado observada no final de 2015 (15,65%). Segue-se a Iveco (16,92%) e a MAN (13,8%).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ