ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Saiba se vai ser atingido pela lei de Trump
Revista PORT.COM • 03-Fev-2017
Saiba se vai ser atingido pela lei de Trump



Os cidadãos portugueses que queiram permanecer nos EUA por menos de 90 dias, em negócios ou turismo, são dispensados de visto, desde que possuam passaporte de leitura ótica.

O Governo português desconhece qualquer impedimento de entrada nos Estados Unidos de cidadãos portugueses que tenham também nacionalidade de um dos sete países alvo da interdição decretada pelo Presidente norte-americano.

Segundo o Ministério da Justiça, mais de 100 cidadãos dos sete países incluídos na polémica proibição de entrada nos Estados Unidos pediram nacionalidade portuguesa nos últimos três anos, a maior parte estrangeiros residentes em Portugal.

Questionada se o Governo português pode assegurar que estes cidadãos, caso tentem viajar para os EUA, conseguirão entrar, com o passaporte português, uma fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) respondeu, em declarações à Lusa, que Portugal "não pode dar garantias sobre a atuação de entidades estrangeiras".

Esta semana, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, assegurou que as autoridades portuguesas prestarão "imediatamente apoio" a cidadãos com dupla nacionalidade - por exemplo, portuguesa e síria - que se possam ver impedidos de entrar nos Estados Unidos.

Dos 108 cidadãos daqueles sete países - Iraque, Iêmen, Irã, Síria, Líbia, Somália e Sudão -  que nos últimos três anos pediram nacionalidade portuguesa, a maior parte (75 casos) foi ao abrigo da lei que permite a nacionalização de estrangeiros residentes em território português, de acordo com os dados do Instituto de Registos e Notariado.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Mensagem de Natal para os leitores da revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República
Manaus, seiva d'ouro
Jack Soifer
Consultor Internacional
Oportunidade de encontro com o país e com uma região
José Luís Carneiro
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas
DISCURSO DIRETO
Quo Vadis?
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Tinha o sonho de ter um hotel em NY e consegui concretizá-lo»
Alfredo Pedro, empresário
PORTUGAL
«A CPLP oferece um extraordinário e estratégico instrumento»
Secretária Executiva da CPLP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ