ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Albuquerque quer madeirenses em cargos políticos
Revista PORT.COM • 27-Nov-2017
Albuquerque quer madeirenses em cargos políticos



Algumas dezenas de emigrantes madeirenses radicados na capital da África do Sul reuniram-se, ontem, na Casa da Madeira em Joanesburgo, para testemunhar o descerramento de uma placa comemorativa da visita do Presidente do Governo Regional.

Segundo o Diário de Notícias da Madeira, à entrada para a Casa da Madeira, o presidente do Governo Regional disse que as suas visitas à África do Sul vão além “do atrair investimento”. Albuquerque afirmou que tem vindo a sensibilizar as autoridades políticas para que o peso económico que o tecido empresarial madeirense possui neste país seja reconhecido nos cargos de decisão político.

“Temos um económico muito forte, mas depois não temos essa repercussão no desse peso económico a nível político. É fundamental que as autoridades percebam a importância da nossa comunidade nalguns setores chave”, expressou, vincando que o seu executivo está trabalhar num quadro de relacionamento institucional. 

Antes de descerrar a placa que assinalou a sua passagem pela Casa presidida por Guida de Freitas, o governante sublinhou que “independentemente do partido que estiver no poder, temos é que cooperar e ter uma presença política forte neste país para a nossa comunidade estar protegida”. Declaração esta que surge na sequência de manifestações que os emigrantes transmitiram durante os quatro dias de visita oficial que manteve.

 

Mais dinâmica, maior proximidade

Guida de Freitas, presidente da Casa da Madeira em Joanesburgo, disse que pretende devolver a dinâmica que esta coletividade tinha há cerca de doze anos, lamentando que não ter tido “200 ou 300 pessoas para receberem o presidente do Governo”.

A dirigente que passa a exercer o cargo de uma das Casas da Madeira com maior peso na comunidade madeirense, criticou o estado do prédio e a falta de manutenção do edifício.

 

Foto em destaque ©Diário de Notícias da Madeira


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ