ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Costa oferece vinho do Porto aos homólogos da UE para celebrar 10 anos do Tratado de Lisboa
Revista PORT.COM • 14-Dez-2017
Costa oferece vinho do Porto aos homólogos da UE para celebrar 10 anos do Tratado de Lisboa



O primeiro-ministro, António Costa, ofereceu ontem garrafas de vinho do Porto 10 anos aos seus 27 homólogos europeus, durante o Conselho Europeu que decorre em Bruxelas, para assinalar o décimo aniversário do Tratado de Lisboa.

Na primeira sessão de trabalhos da cimeira de chefes de Estado e de Governo que decorre até hoje, António Costa observou que o lançamento oficial da Cooperação Estruturada Permanente, realizado na sede do Conselho Europeu, é uma boa forma de celebrar o Tratado de Lisboa, precisamente o tratado que abriu a porta à possibilidade de reforço da cooperação europeu na área da Defesa.

Para celebrar ainda melhor o aniversário do Tratado de Lisboa, assinado em 13 de dezembro de 2007 no Mosteiro dos Jerónimos, durante a última presidência portuguesa da União Europeia, o primeiro-ministro também ofereceu aos seus homólogos, garrafas de vinho do Porto, advertindo que este melhora com o tempo, e que daqui por 10 anos, no vigésimo aniversário, será ainda melhor, tendo sido brindado com aplausos dos restantes chefes de Estado e de Governo da União.

O último Conselho Europeu do ano, que decorre em Bruxelas, é dominado pelas discussões em torno do 'Brexit' e por uma "Cimeira do Euro" dedicada ao aprofundamento da União Económica e Monetária, dois temas que estão na agenda do segundo dia de trabalhos.

Ontem, o momento alto foi o lançamento formal da Cooperação Estruturada Permanente, mecanismo que visa o reforço da cooperação no domínio da defesa, numa cerimónia que contou com a participação dos 25 Estados-membros que decidiram aderir, entre os quais Portugal (apenas Reino Unido, Dinamarca e Malta ficaram de fora).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ