ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugueses pelo mundo solidários com as vítimas dos incêndios
Revista PORT.COM • 01-Jul-2018
Portugueses pelo mundo solidários com as vítimas dos incêndios



Portugal sofreu, no ano de 2017, a maior devastação de que existe registo no âmbito dos incêndios florestais. No movimento de solidariedade que se gerou foi das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo que chegou grande parte dos donativos, quer por ação direta, quer através dos mecanismos então criados como a conta solidária da Caixa Geral de Depósitos Fica aqui um retrato para memória futura.

No dia 17 de junho, um incêndio deflagrou em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, tendo-se alastrado aos concelhos vizinhos de Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos, Ansião, Sertã (distrito de Castelo Branco) e ao concelho de Pampilhosa da Serra (distrito de Coimbra).

A dimensão do incêndio fez com que o número de vítimas fosse o mais elevado dos últimos anos: cerca de 64 vítimas mortais - só na estrada nacional 236 morreram 47 pessoas, que tentavam fugir de carro quando foram atingidos pelas chamas - e mais de 250 feridos.

Quatro meses depois, o “inferno” voltou e marcou o dia 15 de outubro como «o pior dia do ano», em matéria de incêndios florestais, com a Proteção Civil a registar mais de 500 ocorrências. Deste incêndio, resultaram em 50 vítimas mortais confirmadas e dezenas de feridos.

O interior de Portugal ficou muito dizimado e o país ficou com uma “cicatriz” que vai permanecer para sempre. Nos dias seguintes, a solidariedade chegou um pouco de todo o mundo e Portugal recebeu milhões de donativos, em géneros e em dinheiro, para ajudar a reerguer o país.

Foi das comunidades portuguesas espalhadas pelo mundo que chegou grande parte dos donativos. Os portugueses e lusodescendentes ficaram chocados com a dimensão dos acontecimentos que assombravam o país e não conseguiram ficar indiferentes ao que se passava na terra que os viu crescer.

Numa altura em que muitos perguntam onde é que para o dinheiro angariado para ajudar as vítimas dos incêndios, a Revista PORT.COM traz à memória alguns dos donativos angariados pelas comunidades portuguesas e entregues a pessoas e instituições em Portugal.

 

Leia a notícia na íntegra na edição de julho da Revista PORT.COM: http://www.revistaport.com/revista.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
O retrato dos votos da emigração
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ