ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Morreu Kofi Annan, antigo secretário-geral das Nações Unidas
Revista PORT.COM • 18-Ago-2018
Morreu Kofi Annan, antigo secretário-geral das Nações Unidas



O prémio Nobel da Paz morreu este sábado, aos 80 anos.

A notícia foi avançada no Twitter de Kofi Annan, informando que o ex-secretário-geral da ONU teria sofrido uma pequena doença, mas que morreu «em paz».

No comunicado, lê-se que a família pede «gentilmente privacidade neste momento» e que as celebrações da vida de Kofi Annan serão posteriormente anunciadas.

Kofi Annan foi secretário-geral das Nações Unidas entre 1997 e 2006, cumprindo dois mandatos.

Nascido em Kumasi, no Gana, a 8 de abril de 1938, o diplomata era casado com Nane e tinha três filhos - Ama, Kojo e Nina -, que estiveram ao seu lado nos últimos dias, no hospital em que estava internado, em Berna (Suíça).

 

Políticos e diplomatas prestam tributo

«Um amigo constante de Portugal e um aliado inquebrantável na luta pela autodeterminação do povo de Timor-Leste»
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República

 

«Um líder mundial da causa da paz, do desenvolvimento e dos direitos humanos»
António Costa, primeiro-ministro

 

«Foi uma honra para mim trabalhar consigo, nomeadamente no Iraque sob ataque dos EUA e no processo de libertação/independência de Timor Leste. Portugal curva-se perante si»
Ana Gomes, eurodeputada e antiga embaixadora de Portugal em Jacarta

 

«São raras as pessoas que dificilmente imaginamos que possam um dia desaparecer, mas Kofi Annan era seguramente uma delas. A sua estatura intelectual e força moral, o seu dinamismo, a solidez da sua presença e convicções sempre se sobrepuseram ao sentido da vida efémera e à mortalidade própria dos humanos»
Jorge Sampaio, antigo Presidente da República

 

«Kofi Annan era uma força condutora para o bem»
António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas

 

«Um grande líder e reformador da ONU [que] deu um enorme contributo para tornar o mundo que deixou num lugar melhor»
Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido

 

«[Elogia] a sua capacidade de tomar decisões bem pensadas mesmo nas situações mais complexas e críticas. A sua memória ficará sempre no coração dos russos»
Vladimir Putin, Presidente russo

 

«Era uma dádiva para a raça humana»
Jesse Jackson, político norte-americano e ativista dos direitos dos afro-americanos

 

«Para mim, enquanto cresci, Kofi Annan era as Nações Unidas. Ele fez com que nós, uma geração inteira, acreditássemos, confiássemos e contássemos no multiculturalismo. Ele acreditou que os jovens nunca eram 'demasiado novos' para liderar e criou plataformas para que pudéssemos ser ouvidos»
Jayathma Wickramanayake, enviada das Nações Unidas para a Juventude


Etiquetas

Partilhar

OPINIÃO
O Festival das Migrações, Culturas e Cidadania
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ