ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Morreu Kofi Annan, antigo secretário-geral das Nações Unidas
Revista PORT.COM • 18-Ago-2018
Morreu Kofi Annan, antigo secretário-geral das Nações Unidas



O prémio Nobel da Paz morreu este sábado, aos 80 anos.

A notícia foi avançada no Twitter de Kofi Annan, informando que o ex-secretário-geral da ONU teria sofrido uma pequena doença, mas que morreu «em paz».

No comunicado, lê-se que a família pede «gentilmente privacidade neste momento» e que as celebrações da vida de Kofi Annan serão posteriormente anunciadas.

Kofi Annan foi secretário-geral das Nações Unidas entre 1997 e 2006, cumprindo dois mandatos.

Nascido em Kumasi, no Gana, a 8 de abril de 1938, o diplomata era casado com Nane e tinha três filhos - Ama, Kojo e Nina -, que estiveram ao seu lado nos últimos dias, no hospital em que estava internado, em Berna (Suíça).

 

Políticos e diplomatas prestam tributo

«Um amigo constante de Portugal e um aliado inquebrantável na luta pela autodeterminação do povo de Timor-Leste»
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República

 

«Um líder mundial da causa da paz, do desenvolvimento e dos direitos humanos»
António Costa, primeiro-ministro

 

«Foi uma honra para mim trabalhar consigo, nomeadamente no Iraque sob ataque dos EUA e no processo de libertação/independência de Timor Leste. Portugal curva-se perante si»
Ana Gomes, eurodeputada e antiga embaixadora de Portugal em Jacarta

 

«São raras as pessoas que dificilmente imaginamos que possam um dia desaparecer, mas Kofi Annan era seguramente uma delas. A sua estatura intelectual e força moral, o seu dinamismo, a solidez da sua presença e convicções sempre se sobrepuseram ao sentido da vida efémera e à mortalidade própria dos humanos»
Jorge Sampaio, antigo Presidente da República

 

«Kofi Annan era uma força condutora para o bem»
António Guterres, secretário-geral das Nações Unidas

 

«Um grande líder e reformador da ONU [que] deu um enorme contributo para tornar o mundo que deixou num lugar melhor»
Theresa May, primeira-ministra do Reino Unido

 

«[Elogia] a sua capacidade de tomar decisões bem pensadas mesmo nas situações mais complexas e críticas. A sua memória ficará sempre no coração dos russos»
Vladimir Putin, Presidente russo

 

«Era uma dádiva para a raça humana»
Jesse Jackson, político norte-americano e ativista dos direitos dos afro-americanos

 

«Para mim, enquanto cresci, Kofi Annan era as Nações Unidas. Ele fez com que nós, uma geração inteira, acreditássemos, confiássemos e contássemos no multiculturalismo. Ele acreditou que os jovens nunca eram 'demasiado novos' para liderar e criou plataformas para que pudéssemos ser ouvidos»
Jayathma Wickramanayake, enviada das Nações Unidas para a Juventude


Etiquetas

Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
As vivências da emigração portuguesa nos palcos do teatro
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ