ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Marcelo felicita nomeação de lusodescendente para vice-PM do Luxemburgo
Revista PORT.COM • 07-Dez-2018
Marcelo felicita nomeação de lusodescendente para vice-PM do Luxemburgo



O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou a nomeação de Félix Braz como vice-primeiro ministro do Luxemburgo, considerando que é um «testemunho da vitalidade da comunidade portuguesa» no país.

«O Presidente da República, que teve a oportunidade de conhecer pessoalmente Félix Braz na visita ao Grão-Ducado em 2017, deseja-lhe as maiores felicidades no cumprimento da missão cívica que agora assume, testemunho da vitalidade da comunidade portuguesa no Luxemburgo», lê-se numa nota colocada no site da Presidência.

«Marcelo Rebelo de Sousa congratula-se com a nomeação de Félix Braz, filho de compatriotas residentes no Luxemburgo, para o cargo de vice-primeiro-ministro e também de ministro da Justiça, no novo Governo de coligação do Grão-Ducado do Luxemburgo», acrescenta a nota, que dá ainda conta de que o governante já ocupava o Ministério da Justiça desde 2013.

O lusodescendente Félix Braz, filho de emigrantes algarvios, vai ser vice-primeiro-ministro no novo Governo do Grão-Ducado do Luxemburgo, uma reedição da coligação entre DP, socialistas e Verdes, que governou nos últimos cinco anos, liderada por Xavier Bettel.

Filho de portugueses de Castro Marim que chegaram ao Luxemburgo nos anos 1960, Félix Braz, de 52 anos, está habituado a ser o primeiro lusodescendente nos vários cargos que foi assumindo, da política municipal à política nacional, embora diga sempre que espera «não ser o único».

O lusodescendente nasceu em 16 de março de 1966 em Differdange, no sul do Luxemburgo, e obteve a nacionalidade luxemburguesa em 1984, quando fez 18 anos.

Frequentou o curso de Direito na Sorbonne, em Paris, capital francesa, curso que não chegou a concluir. Foi convidado para fazer o primeiro programa de rádio em português na RTL, entre 1990 e 1991, e mais tarde propuseram-lhe ser secretário do grupo parlamentar dos Verdes, cargo que ocupou até 2000.

Em 1994 foi eleito pela primeira vez para a autarquia de Esch-sur-Alzette, ainda como conselheiro municipal, tendo assumido o cargo de vereador em 1999.

Em 2004, com 38 anos, tornou-se no primeiro deputado - e até hoje o único - com origem portuguesa no Luxemburgo.

Em dezembro de 2013, tornou-se também no primeiro lusodescendente a assumir o cargo de ministro no Luxemburgo, com a pasta da Justiça, tendo sido responsável pela nova lei da nacionalidade, que entrou em vigor em abril de 2017.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Mensagem de Natal para os leitores da revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República
Manaus, seiva d'ouro
Jack Soifer
Consultor Internacional
Oportunidade de encontro com o país e com uma região
José Luís Carneiro
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas
DISCURSO DIRETO
Quo Vadis?
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Tinha o sonho de ter um hotel em NY e consegui concretizá-lo»
Alfredo Pedro, empresário
PORTUGAL
«A CPLP oferece um extraordinário e estratégico instrumento»
Secretária Executiva da CPLP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ