ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Guaidó também pede ajuda do Papa Francisco para sair da crise
Revista PORT.COM • 08-Fev-2019
Guaidó também pede ajuda do Papa Francisco para sair da crise



O autoproclamado Presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, apelou ao Papa Francisco para o ajudar conseguir marcar eleições livres no país e terminar com «a usurpação» (de poder) por Nicolas Maduro.

O apelo de Guaidó surgiu dias depois de também o Presidente eleito, Nicolas Maduro, ter pedido a mediação do Papa no conflito político que se vive na Venezuela, numa carta enviada para o Vaticano.

«Peço a quem nos possa ajudar, como o Santo Padre, e a todas as diplomacias, para que possam colaborar a por fim à usurpação (de poder), para um governo de transição que leve a eleições verdadeiramente livres», afirmou Juan Guaidó, numa entrevista a um canal italiano de televisão.

Na entrevista, Guaidó, cuja Presidência interina foi já reconhecida por dezenas de países, acusou Nicolas Maduro de ser responsável pelo «assassínio a sangue frio» de dezenas de opositores, para os intimidar.

Guaidó afirmou ficar muito contente se pudesse receber o Papa na Venezuela, que caracterizou como «um país muito católico».

Esta semana, Nicolas Maduro já tinha enviado uma carta ao Papa, solicitando ajuda para facilitar o diálogo com a oposição.

Em declarações aos jornalistas, no regresso de uma visita a Abu Dabi, o Papa Francisco disse que estaria disposto a esse papel de mediação, sempre que qualquer uma das partes o solicitasse.

«Mas é como quando as pessoas vão ver um padre, havendo um problema entre marido e mulher. Se apenas vai um deles... o outro quer? São sempre precisas as duas partes. Essa é uma condição que os países devem ter em conta, antes de pedir a ajuda ou a presença de um salvador ou de um mediador», explicou o Papa.

O diretor interino do gabinete de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, emitiu um comunicado em que reiterava que «o Santo Padre sempre reservou e, portanto, reserva a possibilidade de verificar a vontade de ambas as partes», antes de iniciar qualquer processo de mediação.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
A emigração portuguesa para a Holanda
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ