ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Mais de 1,8 milhões de euros para a inovação social no Algarve
Revista PORT.COM • 22-Out-2019
Mais de 1,8 milhões de euros para a inovação social no Algarve



Trata-se do segundo concurso de Parcerias para o Impacto da Portugal Inovação Social dirigido à região do Algarve, no âmbito do qual foi aprovado o financiamento de nove projetos entre os 13 que apresentaram candidatura.

Neste momento, está já a decorrer o terceiro concurso de Parcerias para o Impacto que disponibiliza mais 2,5 milhões de euros para o financiamento de novos projetos a implementar nesta região. Candidaturas até 13 de janeiro de 2020.

Os nove projetos agora aprovados intervêm em áreas como a saúde ou a educação, com o objetivo de testar, desenvolver ou expandir soluções inovadoras para problemas sociais como o isolamento dos idosos ou a falta de participação política e cívica dos mais jovens, entre outros.

Os projetos vão ser implementados em 15 municípios do Algarve, nomeadamente Albufeira, Alcoutim, Aljezur, Castro Marim, Faro, Lagoa, Lagos, Loulé, Monchique, Olhão, Portimão, São Brás de Alportel, Silves, Tavira e Vila do Bispo. Estes nove projetos representam um total de 2.520.710€ de financiamento.

Deste montante, 1.808.624€ (70% do valor total) provém do Programa Operacional Regional do Algarve CRESC Algarve 2020 (PT2020), enquanto os restantes 712.085€ são cobertos pela comparticipação de investidores sociais privados e públicos (restantes 30%). São 17 os investidores sociais, entre os quais sete municípios, cinco juntas de freguesia e cinco empresas.

Os projetos

O CRIA - Algarve, é um projeto que vai criar seis Centros de Recursos Inovadores, Terapêuticos, Reabilitativos e Inclusivos para dar uma resposta inovadora na área da saúde. O Nosso Chão Algarve é uma ferramenta na forma de um jogo pedagógico que vai apoiar jovens e crianças na aquisição de competências de cidadania. Também na área da cidadania, o Mypolis, plataforma mobile e web que atualiza a participação cívica para o século XXI, vai alargar a sua área de atuação para Portimão.

SER Mental – Serviço Especializado em Rede para a Promoção da Saúde Mental na Infância e Adolescência propõe a criação de um serviço de cariz comunitário de intervenção especializada em rede para prevenir precocemente situações de risco em crianças e jovens e promover a saúde mental. Volta ao Monte pretende atenuar a inatividade física, mental e o isolamento social dos idosos rurais, incentivando a caminhada e promovendo o empowerment dos envolvidos para melhorar as suas condições de saúde e a sua qualidade de vida. O projeto Horta Urbana Social “Horta N´isso” promove a inclusão social através da criação de uma hora no topo do Mercado Municipal de Faro.

Lado a Lado enquadra-se no âmbito dos paradigmas do envelhecimento ativo e do ageing in place, oferecendo uma abordagem holística e inovadora na área do envelhecimento. O Prato Certo tem como objetivo a sensibilização, intervenção e capacitação de indivíduos para a recolocação da alimentação saudável no seu quotidiano, através do estilo de vida mediterrânico. Por fim, Reabilitar para a vidarecorre a terapêuticas alternativas, nomeadamente a realidade virtual, uma vez que esta técnica tem tido uma forte intervenção na promoção do envelhecimento ativo, traduzindo-se no aumento do bem-estar e na ajuda à prevenção da perda de capacidades cognitivas e físicas.

Este foi o segundo concurso de Parcerias para o Impacto que a Portugal Inovação Social abriu para a região algarvia desde 2018, existindo já seis outros projetos de inovação social a decorrer com o apoio financeiro da Portugal Inovação Social, nomeadamente a Academia IluminArte, a Incubadora de Inovação Social Loulé e Algarve, a AJO – Academia para capacitação do/a Jovem de Olhão, a MyPolis - Cidadania 4.0 em Lagoa, o Café Interior - "Café Terapêutico" e CriAtividade®. 

O terceiro concurso de Parcerias para o Impacto da Portugal Inovação Social está a decorrer desde 20 de outubro, com data de fim de 13 de janeiro de 2020, com uma dotação igual à do concurso anterior de 2,5 milhões de euros. Estão ainda abertos dois concursos dirigidos à Àrea Metropolitana de Lisboa, um de Parcerias para o Impacto que

 

 

 


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
ENTREVISTA
Luís Faro Ramos, Presidente do Camões I.P.
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ