ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portuguesa Inês Henriques sagra-se campeã do mundo medalha de ouro e bate recorde
Revista PORT.COM • 14-Ago-2017
Portuguesa Inês Henriques sagra-se campeã do mundo medalha de ouro e bate recorde



Depois do bronze de Nelson Évora na pista, o ouro de Inês Henriques na estrada: atleta portuguesa conquista ouro na estreia dos 50 km marcha em Campeonatos do Mundo e logo com recorde mundial.

A portuguesa Inês Henriques conquistou, este fim de semana, a medalha de ouro nos 50 quilómetros marcha dos Mundiais de atletismo, que decorrem em Londres, juntando ao troféu o novo recorde do mundo, que já lhe pertencia.

A atleta do CN Rio Maior, de 37 anos, foi cronometrada em 4:05.56 horas, pulverizando o seu recorde mundial, que estava fixado nas 4:08.25 horas e datava de 15 de janeiro de 2017, em Porto de Mós.

“Estava quase em casa, porque ouvia muitos, muito portugueses”, destacou na primeira reação após a conquista, verbalizando aquilo que tinha sido possível ver nas imagens com bandeiras portuguesas espalhadas perto de Buckingham Palace e recordando numa frase os últimos metros de prova, quando agarrou numa bandeira e levou na mão até cortar a meta e levantar bem alto o nome de Portugal.

“Mais uma notável prestação de uma atleta portuguesa que eleva o nome de Portugal e projeta o atletismo e o desporto nacional”, frisou Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República, numa nota divulgada na Página da Presidência. “Ouro e recorde do mundo nos 50km marcha. Brilhante, Inês Henriques! Mais um motivo de orgulho para Portugal. Muitos Parabéns!”, escreveu também o primeiro-ministro, António Costa.

Até chegar a Londres, Inês Henriques tinha no currículo três participações olímpicas, a última das quais no Rio2016, onde alcançou o 12.º posto nos 20 km marcha. A atleta conta ainda um sétimo posto nos Mundiais de 2007 e um nono nos Europeus de 2010, sempre na distância dos 20 km.

O pódio nos Mundiais de Londres ficou completo com duas atletas chinesas: Hang Yin, prata, com 4:08.58, e Shuqing Yang, bronze, com 4:20.49.

 

Medalha de ouro dos 50 km masculinos também é portuguesa, diz Yohann Diniz

Parte da medalha de ouro dos 50 km marcha masculinos nos Campeonatos do Mundo de atletismo, em Londres, é portuguesa, disse o francês Yohann Diniz, que tem ascendência portuguesa.

"Estou feliz por oferecer este título à França, mas também um pouco à minha família em Portugal, que me observa em Mirandela", revelou no final da prova.

Tricampeão europeu, em 2006, 2010 e 2014, e detentor do recorde do mundo, com 3:32.33, Yohann Diniz sagrou-se pela primeira vez campeão mundial, com o tempo de 3:33.11 horas, novo recorde dos campeonatos.

Diniz, que é neto de um português, contou que recebeu uma mensagem de familiares que vivem em Trás-os-Montes.

"Também lhes quero dedicar esta vitória", declarou, que considerou este um "bom dia para França e Portugal" graças à vitória de Inês Henriques nos 50 km femininos.

 


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ