ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Emigrantes na Suíça vibram com os jogadores da seleção portuguesa de futebol
Revista PORT.COM • 23-Mar-2018
Emigrantes na Suíça vibram com os jogadores da seleção portuguesa de futebol



Cerca de 30 emigrantes portugueses esperavam a seleção de futebol no hotel em Zurique, celebrando um 'Natal antecipado' pela presença da equipa nacional, que hoje (23 de março) defronta o Egito em jogo de preparação para o Mundial2018.

Os jogos da seleção portuguesa de futebol na Suíça, que decorrem entre os dias 23 e 26 de março, são também uma homenagem à comunidade emigrante portuguesa. E os portugueses, sobretudo os que já estão há vários anos fora do país, agradecem.

"É muito importante [a presença da seleção]. Nós vibramos quando temos a seleção connosco. E sexta-feira (23 de março] vamos ao estádio, tudo a vibrar, tudo português. É uma emoção muito forte. É muito bom. É um calor natalício, um pouco do nosso Portugal connosco", disse à agência Lusa Sandrina Ribeiro.

De Lucerna vieram três amigas, duas delas com missões especiais: uma a de abraçar Cristiano Ronaldo e outra a de tirar uma foto com Ricardo Quaresma.

"Vim para pedir um abraço ao Cristiano Ronaldo e consegui. Tenho um abraço e um autógrafo. Amanhã venho ao estádio. Com o frio que está, quem não prefere um abraço [a uma camisola]? Aquece", confessa Andreia Andrade.

Emocionada, acrescenta: "Há arrepios que não são de frio nem de medo, são de emoção. Sou do Sporting. Sigo o Cristiano Ronaldo desde que usava o número 28 e estou feliz. Estou mesmo contente".

Quando o capitão da seleção realizou o sonho de Andreia, a amiga Dora Pinto ficou apenas a "ver a felicidade" da amiga, congratulando-se pelo facto de esta ter conseguido esse "mimo" que já tinha perseguido no passado.

"Eu vim cá a ver o Quaresma e o Fernando Santos, o 'mister' do penta [do FC Porto]. É um sinal, o autocarro [da seleção] também é azul. Vai correr bem. Consegui foto com o Quaresma, com o André Silva e com o Bruno Alves", regozijou-se.

Cristiano Silva garante que "valeu muito a espera" - nevava quando a seleção chegou -, até porque a ideia é "mostrar que o povo da Suíça está com a seleção" rumo ao desejado título mundial: "Queremos mostrar ao Mundo inteiro que os portugueses são grandes".

Francisco Caseiro assume que "é sempre importante o contacto [dos emigrantes] com a seleção", considerando que este calor do humano "dá confiança" aos pupilos de Fernando Santos rumo ao desejado título mundial.

Neste dia 23, a partir das 19H35, Portugal defronta o Egito no primeiro de dois jogos de preparação para o Mundial agendados na Suíça, enfrentando a Holanda em Genebra no dia 26.

Depois destes jogos, e já depois de conhecidos os convocados para o Mundial, a equipa já tem agendados mais três encontros de preparação, em 28 de maio, com a Tunísia, em Braga, em 02 de junho, na Bélgica, e em 07 de junho, com a Argélia, em solo luso.

No Mundial2018, que decorrerá na Rússia entre 14 de junho e 15 de julho, Portugal integra o grupo B com a Espanha, o Irão, de Carlos Queiroz, e Marrocos.

 

A tão desejada Taça 

A seleção levou, para Genebra e Zurique, o troféu de campeã da Europa para, por uns dias, o partilhar com os adeptos portugueses naquelas cidades. 

Inicialmente a Taça estará no estádio onde Portugal defronta o Egito. No dia 25 e 26 estará exposta no Centro Comercial La Preil, em Genebra.

 

Foto em destaque ©Paulo Novais


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ