ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Santa Clara quer atrair os emigrantes açorianos dos Estados Unidos e Canadá
Revista PORT.COM • 01-Out-2018
Santa Clara quer atrair os emigrantes açorianos dos Estados Unidos e Canadá



O Santa Clara já tinha adiantado ter um projeto para atrair emigrantes açorianos nos Estados Unidos e Canadá para assistirem aos jogos da I Liga.

A direção do Santa Clara da I Liga vai deslocar-se numa viagem aos Estados Unidos da América e Canadá, entre 11 e 16 de outubro, com o objetivo de «levar o futebol açoriano à diáspora».

«Acima de tudo importa que a distância entre os Açores e a comunidade açoriana espalhada pelo mundo não seja impedimento para continuarmos unidos sob a insígnia de uma região que é nossa e que tanto orgulho nos dá em representar», refere o clube de futebol.

O clube, que ascendeu esta época ao principal escalão do futebol português, já tinha adiantado numa conferência de imprensa, realizada em julho passado, que tinha um projeto para atrair emigrantes açorianos nos Estados Unidos e Canadá para assistirem aos jogos da I Liga com FC Porto, Benfica e Sporting.

Na altura, o presidente do clube de Ponta Delgada referia-se a um «pacote promocional que poderia incluir viagem, estadia, bilhete de jogo, a possibilidade de estar com a equipa e um jantar temático Santa Clara».

O Santa Clara estará representado nesta viagem pelo presidente Rui Cordeiro, o presidente da Mesa da Assembleia-Geral Ricardo Cabral, o presidente do conselho fiscal, Mário Félix, o vice-presidente para a comunicação Bruno Domingues, o acionista da SAD encarnada Khaled Saleh, e o embaixador do clube na diáspora Ricardo Botelho.

Nesta visita, está prevista uma reunião na Câmara de Brampton, convívios com a comunidade açoriana na Casa dos Açores de Toronto e na Fall River Sports bem como uma entrevista no The Portuguese Channel, em New Bedford.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ