ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

 EDP Meia Maratona de Lisboa lança novo circuito internacional de corridas
Revista PORT.COM • 09-Set-2019
EDP Meia Maratona de Lisboa lança novo circuito internacional de corridas



Na celebração dos seus 30 anos de existência, a EDP Meia Maratona de Lisboa lança o “Super-Half Marathon Series”, um novo circuito internacional de corridas. Cinco cidades, cinco meias maratonas líderes mundiais anunciam o novo circuito de Running, que liga Lisboa, Praga, Copenhaga, Cardig e Valencia.

Com o objetivo de promover a corrida, o turismo e a consciência ambiental, a “Super Halfs - Half Marathon Series” junta cinco provas organizadas, em cinco cidades históricas, com percursos “de uma beleza reconhecida e experiências únicas para todos os participantes”, anunciou este fim de semana o Maratona Clube de Portugal.

Os quase 100.000 participantes anuais das cinco provas são desafiados a concluir este circuito de meias maratonas em 36 meses, beneficiando para tal de uma “super experiência” que contempla ofertas exclusivas como inscrições garantidas, dorsais exclusivos com prioridade no levantamento, merchandising original, um passaporte digital “Super Halfs”, uma medalha de finalista e a entrada na restrita “Hall of Fame” do circuito.

Escolhidas pela sua qualidade, número de participantes, localização e políticas de sustentabilidade ambiental, a Super Halfs – Half Marathon Series terá início em 2020, na 30ª edição da EDP Meia Maratona de Lisboa.

“A internacionalização da EDP Meia Maratona de Lisboa, da cidade de Lisboa e de Portugal foi sempre uma prioridade do clube. A par das provas que organizamos em Outubro, a EDP Meia Maratona de Lisboa é hoje mais internacional que nunca. Só em Março deste ano participaram mais de 7.500 corredores estrangeiros! A integração desta Meia Maratona na Série de Corridas ‘Super Halfs’ é mais um importante passo que damos na internacionalização da prova e do reconhecimento da sua qualidade e popularidade internacional”, referiu Carlos Móia, presidente do Maratona Clube de Portugal.

Qualquer atleta pode começar o circuito inscrevendo-se em qualquer uma das corridas da SuperHalfs em 2020. Depois de completar a primeira corrida no calendário da SuperHalfs, os participantes receberão um Passporte digital e, após cada corrida, um carimbo digital aparecerá nesse documento virtual e personalizado. 

Todas as comunicações com os participantes serão feitas de forma digital e os corredores têm 36 meses para concluir a série, a fim de se tornarem SuperRunners.

O presidente do clube aproveitou ainda para anunciar que a 30ª edição da prova contará com celebrações especiais e importantes novidades, como é exemplo, a nova prova Vodafone 10K que irá substituir a Vodafone Mini Maratona. Agora com 10 kms cronometrados, esta prova vai responde às tendências mundiais e aos inúmeros pedidos pelos participantes.


 “A Vodafone 10K é mais um exemplo da nossa preocupação em responder às necessidades dos participantes. Sem desvirtuar a sua popularidade, em que os participantes em modo “lazer” poderão continuar a percorrer prova a correr, marchar ou andar, queremos oferecer aos atletas “mais competitivos” mais uma prova cronometrada, com uma distância oficial onde poderão avaliar a sua performance e compará-la com outras provas e com as edições futuras dos 10Km entre a Ponte 25 de Abril e o Mosteiro dos Jerónimos”, destacou Carlos Móia.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
ENTREVISTA
Luís Faro Ramos, Presidente do Camões I.P.
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ