Maio 21, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Avaliação do smartphone Huawei Nova 9

 

O HUAWEI Smartphone Nova 9 é um smartphone de fácil aderência e revestimento duplo que pesa apenas 175 gramas. Ele também possui um anel de órbita estelar icônico, um acabamento de revestimento duplo e um corpo de fácil aderência. O smartphone certamente chamará a atenção de seus usuários, e certamente o fará se você escolher este dispositivo. Além de seu design elegante e elegante, o smartphone HUAWEI Nova9 também é capaz de ser altamente durável.

Embora esteja equipado com um processador Snapdragon 778G, falta conectividade 5G, que é um recurso que se tornou obrigatório para dispositivos acima de US$ 250. O preço do Huawei Nova 9 o torna uma proposta difícil em muitos mercados premium da Europa Ocidental. Embora ofereça carregamento rápido a 66W, não suporta 5G e ainda não está disponível em algumas regiões. A duração da bateria do telefone, no entanto, é decente e, apesar da falta de suporte 5G, é mais do que suficiente.

 Pode ser carregado rapidamente a 66W e deve ser recarregado em 38 minutos. Além disso, o dispositivo não suporta redes sem fio que não sejam 4G.

Tela do smartphone Huawei Nova 9

O Huawei Smartphone Nova 9 é um smartphone que vem com uma tela FullHD (720×1280) de 6,39 polegadas. Este dispositivo vem com uma alta densidade de cores e suporta HDR10. Isso significa que você pode experimentar cores 64 vezes mais vibrantes e uma melhor experiência visual. O dispositivo também vem com uma taxa de atualização de 120 Hz, perfeita para assistir vídeos. O telefone possui um chip poderoso que permite controlar o brilho da tela.

O smartphone Huawei Nova 9 possui uma grande tela de 6,3 polegadas, que se estende até o topo. O telefone tem uma armação de metal e uma parte traseira de vidro. O sistema de câmera está no lado direito e a lente da câmera está embutida no quadro de círculo duplo. Não há certificação IP, mas suporta EMUI 12. Além disso, o telefone possui um sistema de câmera quádrupla AI de 108 megapixels. Este telefone possui uma lente ultra grande angular de 8 MP, uma lente Bokeh de 2 MP e uma câmera selfie de 16 megapixels.

READ  Portugal bloqueia venda de casa na 'forte crença' de Abramovich

O smartphone Huawei usa HarmonyOS para seu sistema operacional, que é baseado no Android 11. Por causa das sanções dos EUA, a Huawei evitou o sistema operacional Android do Google, mas ainda terá serviços do Google. O smartphone nova 9 da empresa será o primeiro a usar o EMUI 12 em um dispositivo baseado em Android. 

Recursos do smartphone Huawei Nova 9

O HUAWEI smartphone nova 9 é um novo smartphone topo de gama que certamente irá conquistar os vossos corações. Tem um corpo de revestimento duplo com um peso fácil de segurar de 175 gramas e um icônico anel de órbita estelar. Além de ser poderoso e impressionante, este telefone também é extremamente acessível e se adequará ao seu orçamento. Continue lendo para descobrir os muitos recursos que tornam o Huawei nova 9 uma ótima escolha.

O principal destaque deste smartphone é a sua câmara. O Huawei nova 9 vem com uma bateria de 4000 mAh que durará muito tempo. Ele também possui carregamento rápido, o que significa que você pode carregá-lo totalmente em 36 minutos. Com sua câmera, você pode tirar fotos e vídeos impressionantes. O Nova 9 também está equipado com um poderoso flash de LED duplo que pode adicionar brilho extra aos seus vídeos. Você pode até tirar fotos HDR!

O Huawei nova 9 possui um chip Qualcomm Snapdragon 778G para seu processador. Os chips Kirin da empresa foram atormentados por problemas de produção. No entanto, o nova 9 oferece uma alternativa ao Google Maps. Você pode usar o Petal Maps, que é um aplicativo de navegação GPS, em vez do Google Maps. Este aplicativo está longe de ser perfeito, mas está melhorando com o tempo. O mapa também é compatível com offline, o que é sempre um bônus.

READ  Espanha e Portugal estão pressionando pela integração energética enquanto a Rússia teme escassez de oferta