Abril 13, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

A corrente oceânica mais forte do mundo está se acelerando e causando problemas • Earth.com

A corrente oceânica mais forte do mundo está se acelerando e causando problemas • Earth.com

A Corrente Circumpolar Antártica (ACC) é a corrente mais poderosa da Terra, circundando a Antártida e influenciando o clima global.

Nas últimas décadas, as observações mostram que este fenómeno tem vindo a acelerar. Os especialistas não tinham certeza se isso era resultado do aquecimento global causado pelo homem ou de um padrão natural.

No entanto, os cientistas descobriram que esta força oceânica está a ficar mais forte. O que isso significa para o futuro do nosso planeta?

Profundezas do oceano

Uma equipa internacional de investigadores embarcou numa ousada expedição em águas remotas e turbulentas. O objetivo era recuperar núcleos de sedimentos que contenham evidências de milhões de anos sobre o comportamento do ACC juntamente com as mudanças na temperatura da Terra.

Através de uma análise cuidadosa, os especialistas revelaram os segredos contidos nas camadas de sedimentos.

Corrente, clima e gelo

O estudo revela uma forte ligação entre a velocidade do centro astronómico asiático e a temperatura geral da Terra, tal como um termóstato.

Durante os períodos de frio, a corrente diminui. Mas quando o planeta aqueceu naturalmente no passado, a corrente respondeu acelerando.

O que é realmente preocupante é que as acelerações anteriores do ACC estavam diretamente ligadas a perdas significativas de gelo na Antártica. Observamos uma aceleração semelhante para ACC agoraimpulsionado pelo aquecimento global causado pelo homem.

Isto sugere que é provável que o gelo da Antártica continue a recuar, o que poderá levar ao aumento do nível do mar e até afetar a capacidade dos oceanos de absorver carbono da nossa atmosfera.

Por que as correntes antárticas são importantes?

“Esta é a corrente mais forte e rápida do planeta. É sem dúvida a corrente mais importante no sistema climático da Terra”, disse Gisela Winkler, geoquímica da Universidade de Columbia. Observatório Terrestre Lamont-Doherty.

READ  Esturjão gigante: Quando você o vê?

O ACC é um ator importante no sistema climático da Terra, atuando como uma correia transportadora global que redistribui calor e nutrientes pelos oceanos do mundo.

Características do ACC

ampla variedade: A ACC é a maior corrente oceânica, estendendo-se ao redor da Antártica e conectando os oceanos Atlântico, Pacífico e Índico. É a única corrente oceânica que circunda completamente a Terra e está livre de quaisquer barreiras continentais.

Tamanho e velocidade: Transporta mais água do que qualquer outro riacho – cerca de 135 milhões de metros cúbicos por segundo. Seu fluxo é afetado pelos padrões do vento, pela rotação da Terra e pelas diferenças na densidade da água.

Profundidade e largura: O ACC estende-se desde a superfície até ao fundo do oceano, atingindo profundidades de até 4.000 metros (cerca de 13.123 pés) e estendendo-se até 2.000 quilómetros (cerca de 1.243 milhas) de largura.

Cargos do Comitê de Coordenação Administrativa

Regulamentação climática: O ACC desempenha um papel crucial na regulação do clima global. Ajuda a distribuir o calor pelo planeta, movendo a água quente do equador em direção aos pólos e a água fria em direção ao equador.

Sequestro de carbono: O ACC tem um papel ativo no ciclo global do carbono. Absorve grandes quantidades de dióxido de carbono da atmosfera, transportando-o para as profundezas do oceano, onde pode ser armazenado durante séculos.

Distribuição de nutrientes: Ao mover a água de diferentes profundidades (água de fundo subindo para a superfície), o ACC traz nutrientes das profundezas para a superfície, apoiando os ecossistemas marinhos ao redor da Antártica e além.

A importância do ACC

Apoie a biodiversidade: Os nutrientes trazidos à superfície pelo ACC apoiam a proliferação do fitoplâncton, que constitui a base da cadeia alimentar antárctica, e sustenta uma variedade de vida marinha, desde o krill às baleias.

READ  Astrônomos podem ter descoberto um calor 'escuro'

Impacto na circulação oceânica global: O ACC influencia os padrões globais de circulação oceânica, incluindo a formação de massas de águas profundas no Atlântico Norte que impulsionam a correia transportadora global, um componente crítico do sistema climático da Terra.

Índice de mudanças climáticas: Mudanças na velocidade ou no padrão do ACC podem indicar mudanças no sistema climático global. A sua aceleração devido ao aumento dos ventos de oeste é uma preocupação, porque pode ter implicações na subida do nível do mar e nos padrões da temperatura global.

A influência do oceano na corrente antártica

Como a aceleração do ACC impacta diretamente as coisas? Veja como:

Derretimento das plataformas de gelo na Antártida

A força dos ventos sobre o Oceano Antártico aumentou cerca de 40% nas últimas décadas, empurrando o Centro do Oceano Asiático e puxando água quente para as plataformas de gelo flutuantes da Antártica.

Essas plataformas funcionam como plugues gigantes que prendem enormes geleiras. A água quente os corrói por baixo, fazendo com que derretam.

“Se você deixar um cubo de gelo no ar, ele demorará um pouco para derreter. Se você colocá-lo em contato com água morna, ele desaparece rapidamente”, explica Winkler.

Esponja de carbono não confirmada

Os oceanos que rodeiam a Antártica são um componente vital do ciclo do carbono da Terra. Eles absorvem grande quantidade de dióxido de carbono que os humanos emitem na atmosfera, aproximadamente 40%, e agem como uma “esponja de carbono”.

Este processo é crucial para mitigar o aquecimento global, porque remove o dióxido de carbono da atmosfera, onde pode reter o calor, contribuindo para o aquecimento global.

O futuro da corrente antártica

“Estes resultados fornecem evidências geológicas que apoiam o aumento do fluxo de ACC à medida que o aquecimento global continua”, observaram os investigadores.

READ  Espera-se que as luzes do norte sejam visíveis em 17 estados quinta-feira - NBC5 Dallas-Fort Worth

À medida que os seres humanos continuam a bombear gases com efeito de estufa para a atmosfera, o ACC irá quase certamente continuar o seu ritmo. Isto provavelmente levará a temperaturas mais elevadas em torno da Antártica, desestabilizando ainda mais a camada de gelo da Antártida Ocidental.

Este enorme reservatório de gelo, grande parte do qual se encontra abaixo do nível do mar, tem o potencial de aumentar dramaticamente o nível global do mar.

É hora de prestar atenção à Corrente Antártica

O ACC não recebe tanta atenção quanto o aumento das temperaturas ou o derretimento das calotas polares do Ártico, mas talvez devesse. Esta grande corrente tem uma relação complexa com o sistema climático do nosso planeta, e as alterações nele terão efeitos em cascata em todo o mundo.

Compreender estas forças complexas, juntamente com a redução das emissões de gases com efeito de estufa, é essencial para nos prepararmos para um futuro onde a aceleração do ACC, a subida do nível do mar e as condições meteorológicas extremas poderão remodelar o nosso mundo.

O estudo está publicado na revista natureza.

—–

Gostou do que li? Assine nosso boletim informativo para obter artigos envolventes, conteúdo exclusivo e atualizações mais recentes.

Visite-nos no EarthSnap, um aplicativo gratuito oferecido a você por Eric Ralls e Earth.com.

—–