Maio 21, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

A transportadora nacional de Portugal ainda não reembolsou os passageiros dos voos cancelados devido ao Covit-19.

A TAP Air Portugal, a transportadora de bandeira estatal, foi forçada a reembolsar centenas de passageiros depois que milhares de voos foram cancelados devido à epidemia do Governo-19 e à falta de pessoal.

Os passageiros afetados por tais desenvolvimentos relataram dificuldades em entrar em contato com a companhia aérea para obter o reembolso de seus voos cancelados, enquanto a companhia aérea relatou dificuldades em obter um reembolso. SchengenVisaInfo.com Relatórios.

Como muitos clientes da TAP têm vindo a reportar, esperam há meses pelo reembolso total mesmo depois de tentarem contactar as companhias aéreas através de telefonemas, e-mails e outros meios. Alguns foram informados de que recuperariam todo o dinheiro do avião perdido dentro de um a três meses, mas o financiamento ainda não havia chegado.

Essa situação é comum entre todas as transportadoras internacionais, pois a epidemia do Govt-19 afetou significativamente o setor de aviação. No entanto, para o Departamento de Transportes dos EUA, a transportadora de bandeira portuguesa recebeu o maior número de reclamações dos consumidores a este respeito.

>> Portugal: Passageiros já podem retirar vouchers de viagem não utilizados

Além disso, de acordo com as regras atuais da UE, uma companhia aérea deve fornecer um empréstimo para um voo cancelado ou retirar o valor total, independentemente do motivo do cancelamento. No entanto, apesar da TAP Air Portugal não pagar atempadamente os seus clientes, a transportadora de bandeira portuguesa continua a ser considerada a companhia aérea mais segura da Europa e a quinta companhia aérea mais segura do mundo.

A TAP Air Portugal registou uma perda total de 1,6 mil milhões de euros durante a epidemia de COVID-19, o que prevê uma forte procura de viajantes dos Estados Unidos neste verão.

READ  O Vale do Turo em Portugal deve ser a sua próxima viagem vinícola

Tem sete aeroportos em Portugal, dez aeroportos na América do Norte, 12 aeroportos na América Central e do Sul, 20 aeroportos em África e Médio Oriente e 44 aeroportos na Europa.

A transportadora de bandeira, que é controlada em 72,5 por cento pelo governo português, está sob um plano de resgate de 3, 3,2 bilhões de euros aprovado por Bruxelas que foi forçado a reduzir seu tamanho naval, cortar mais de 2.900 trabalhadores e reduzir salários. A empresa transportou 5,83 milhões de passageiros no ano passado, um aumento de 25% em relação a 2020, mas apenas 34% em níveis pré-epidêmicos, quando nenhuma restrição foi imposta até agora.

No entanto, Durante a epidemia, autoridades portuguesas multaram centenas de passageiros Por não fornecer os documentos necessários.

Mais de 3.200 passageiros foram multados entre 1 de dezembro e 6 de fevereiro por não entregarem um teste COVID-19 negativo, de acordo com um relatório anterior da Administração do Interior portuguesa.