Setembro 26, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

As restrições podem resultar em uma perda de receita de até 90%

O presidente da Associação dos Bares e Discotecas (ABDMP) da Movida du Porto (ABDMP) disse que as novas medidas de combate ao Govt-19 “reduziram o cliente e o volume de negócios em mais de 60% e em alguns casos chegaram a 90%”.

“Nestes primeiros dias, estou a falar da realidade da cidade e vila do Porto, das cerca de 30 empresas, com uma ou outra excepção, a maioria teve quedas de clientes e mais de 60% do volume de negócios. Locais com 90% de perdas este fim-de-semana “, disse Miguel Camos.

Em declarações à Lusa, o responsável da ABDMP afirmou: “Alguns estabelecimentos já pensam em encerrar as suas instalações porque as casas estavam praticamente vazias no sábado à noite”.

Por isso, Miguel Chamos apela ao governo para que disponibilize testes e “acima de tudo, que avance com o apoio ao sector”.

“Na verdade, demorou um dos melhores meses do ano, ou seja, dezembro. As perspectivas para todo o setor são sombrias. É quase como se estivéssemos voltando a um período fechado porque temos vagas que estavam completamente vazias ou com 90% de perdas , “ele enfatizou.

O responsável acrescentou: “O setor está novamente em uma situação muito precária e será difícil devido à falta de apoio governamental, demissões e perdas de faturamento. Houve sobreviventes por quase 20 meses, mas talvez desta vez eles não tenham como pagar ele e terá que fechar seu negócio permanentemente. “

“Esperamos um dezembro muito sombrio. Ao impor restrições à atividade econômica, o governo deve automaticamente perceber que tem que colocar o apoio na mesa”, afirmou.