Maio 18, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Concerto de Páscoa da Orquestra do Algarve em Tavira

Concerto de Páscoa da Orquestra do Algarve em Tavira

A Orquestra do Algarve, dirigida pelo maestro Martim Souza Tavares e solista com a violista Sofia Silva Souza, dá concerto de Páscoa no dia 9 de abril, pelas 18h30, na Igreja do Carmo, em Sapa.

A programação, com entrada gratuita, é da autoria de Antonio Vivaldi, Richard Wagner, Joseph Haydn e Benjamin Britten.

“A Páscoa, na sua história e significado, vai para além da mensagem de fé. Os últimos momentos da vida de Cristo e o milagre da sua ressurreição dão o tom a um concerto único, que inclui alguns dos principais símbolos pascais, que serão apresentados e associado à música do Maestro Martim Souza Tavares”, refere o município de Tavira.

O concerto é uma excelente oportunidade para apreciar a interpretação de Sofia Silva Sousa, “uma jovem e premiada violista portuguesa que desenvolve actualmente a sua carreira com a Orquestra Sinfónica de Londres”.

Projeto:

Benjamim Britten (1913-1976)

Lachrymae c/ viola solo

Antonio Vivaldi (1678-1741)

Sinfonia do Santo Sepulcro

Ricardo Wagner (1813-1883)

Musical da Sexta-Feira Santa de Parsifal

Joseph Haydn (1732-1809)

Sinfonia nº 96, O Milagre

Martim Sousa Tavares, Maestro Titular

Sophia Sosa, Solista (Viola)

banda algarvia

A Orquestra Clássica d’Algarve apresenta um concerto no dia 25 de abril para assinalar o dia da Revolução dos Cravos. O programa arranca às 18h30 no Teatro das Figueras, em Faro, com o Coro Comunitário e a cantora Viviane.

Juntos, o compositor Francisco Tavares vai compor canções dos conceituados artistas portugueses Carlos Paredes, Fernando López-Graça, José Mario Franco e Zega Afonso.

“Abril, depois da Revolução dos Cravos, é sinónimo de renascimento e liberdade. Da poesia às artes plásticas, nenhuma arte fica indiferente a este símbolo imortal na vida do nosso país e naqueles que o criam. O concerto de Abril pretende elevar a espírito de liberdade e a criatividade que essa liberdade tem conferido às artes portuguesas”, refere a organização.

READ  XPeng expande-se para Espanha e Portugal

Saber mais Aqui.