Fevereiro 25, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Encontre misteriosos ovos pretos escondidos nas profundezas do oceano

Encontre misteriosos ovos pretos escondidos nas profundezas do oceano

Escrito por Brian Myers | Publicados

Pesquisadores no Japão descobriram recentemente uma quantidade incomum em uma das profundezas mais escuras do mar. Os ovos pretos, supostamente postos por platelmintos, foram retirados da Fossa Kuril-Komchatka, no noroeste do Pacífico. Os ovos e as criaturas que os põem estão entre as muitas formas misteriosas de vida marinha que evoluíram para existir em profundidades superiores a 6.000 metros abaixo da superfície do mar.

Crédito: Publicações da Royal Society

A qualificada equipe de pesquisa retirou os ovos pretos das profundezas escuras e usou veículos de recuperação controlados remotamente. Em profundidades incríveis, eles descobriram os ovos presos em pedaços de rocha e conseguiram removê-los e extraí-los. Keiichi Kakuei, pesquisador da Universidade de Hokkaido, não tinha certeza do que a equipe havia descoberto, mas ficou chocado ao saber o que esses ovos negros continham.

Os ovos pretos contêm uma enorme quantidade de embriões de platelmintos.

A análise de DNA de ovos pretos logo deu aos pesquisadores uma descoberta inesperada. Dentro das minúsculas cápsulas havia embriões de platelmintos em diferentes estágios de desenvolvimento. Surpreendentemente, esta foi a primeira vez que estes ovos foram encontrados nesta profundidade, quebrando a profundidade de 17.000 metros onde foram encontrados anteriormente para sobreviver.

Embora a descoberta de ovos pretos tenha realmente surpreendido os pesquisadores japoneses, não deveria ser tão chocante quando os cientistas descobrem uma espécie que vive em regiões até então desconhecidas.

Quando os ovos são abertos com cuidado, um líquido branco leitoso escorre de dentro. Cada ovo contém vários embriões de platelmintos, variando de três a sete por espécime dissecado. Uma quantidade bastante impressionante, considerando que os ovos pretos têm apenas cerca de um décimo de polegada de diâmetro.

READ  Cientistas revelaram um genoma humano mais diversificado
Flatworm marinho

Ainda mais chocante é o que a análise de DNA revelou. Esses platelmintos são primos próximos daqueles que encontramos todos os dias na Terra. Os cientistas acreditam que os platelmintos que vivem em águas rasas podem ter-se deslocado ao longo do tempo para águas mais profundas, abrindo eventualmente o caminho para as espécies que os investigadores recuperaram de profundidades incríveis.

Os pesquisadores encontraram os ovos pretos milhares de metros abaixo do que eles pensavam ser o limite dos platelmintos.

Os mistérios das partes mais profundas dos oceanos estão sendo lentamente resolvidos, embora os cientistas admitam que o que se sabe atualmente está longe de compreender tudo no abismo. Embora a descoberta de ovos pretos tenha surpreendido os pesquisadores japoneses, não deveria ser tão chocante quando os cientistas descobrem uma espécie que vive em regiões até então desconhecidas.

Outro tipo de platelminto marinho

É amplamente aceito entre os cientistas marinhos que pode haver até dois milhões de espécies diferentes de vida nas águas salgadas que cobrem a maior parte da superfície da Terra. Atualmente, a ciência identificou apenas aproximadamente 250.000 deles. Deixar de lado o aprendizado sobre platelmintos e seus ovos pretos mostra o quanto há para aprender sobre as profundezas do oceano.

As espécies recentemente identificadas nas partes mais profundas do oceano não se limitam aos ovos de pequenos platelmintos, pequenos crustáceos e várias amebas. A lula gigante já foi considerada uma invenção da imaginação dos marinheiros até que esses monstros marinhos gigantes foram capturados. Em 2021, cientistas japoneses identificaram com sucesso um peixe de cabeça lisa de 55 libras que nunca tinha sido descoberto antes. O peixe grande foi batizado de “Yokozuna”, em homenagem à classificação mais alta na luta de sumô.

READ  Teste de impulso no vazamento da espaçonave Soyuz da estação espacial - caminhada espacial dos EUA adiada

fonte: Cartas de Biologia da Royal Society