Julho 7, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Forças russas lutam para sitiar os ucranianos no leste

Forças russas lutam para sitiar os ucranianos no leste
  • Forças russas bombardeiam 40 cidades no leste da Ucrânia
  • Covas coletivas de civis mortos – Governador de Luhansk
  • 8000 prisioneiros de guerra ucranianos em Luhansk e Donetsk – TASS

Kiev (Reuters) – A Rússia bombardeou mais de 40 cidades na região de Donbass, leste da Ucrânia, destruindo quase uma dúzia de arranha-céus, disseram autoridades nesta quinta-feira, enquanto forças russas tentavam encurralar seus oponentes ucranianos, em alguns lugares em menor número.

Depois de não conseguir capturar a capital ucraniana de Kiev ou Kharkiv, sua segunda cidade, em sua guerra de três meses, a Rússia está tentando tomar o controle total de Donbass em nome dos separatistas. A zona industrial inclui as regiões de Luhansk e Donetsk.

A Rússia enviou milhares de tropas para a região, onde atacaram de três lados na tentativa de cercar as forças ucranianas baseadas na cidade de Severodonetsk e sua gêmea, Lysichansk. Sua queda deixaria toda a província de Luhansk sob controle russo, um dos principais objetivos da guerra do Kremlin.

Registre-se agora para obter acesso ilimitado e gratuito ao Reuters.com

“Tudo agora está focado no Donbass”, disse Vadim Denisenko, assessor do Ministério do Interior da Ucrânia, em entrevista coletiva.

Ele disse que a situação estava muito tensa, pois 25 grupos táticos do batalhão russo tentaram cercar as forças ucranianas.

A Força-Tarefa Combinada das Forças Armadas da Ucrânia disse que os russos bombardearam mais de 40 cidades na área e destruíram ou danificaram 47 locais civis, incluindo 38 casas e escolas.

“Como resultado deste bombardeio, cinco civis foram mortos e outros 12 ficaram feridos”, disse ela no Facebook, acrescentando que 10 ataques russos foram repelidos, quatro tanques e quatro drones foram destruídos e 62 “soldados inimigos” foram mortos.

READ  Yellen alerta para riscos globais de “estagflação” dos preços do gás e dos alimentos

O gabinete do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse que 11 arranha-céus foram destruídos em Severodonetsk e oito em Lysekhansk.

Zelensky disse que o número de forças russas supera em muito as forças ucranianas em algumas partes do leste, e que Kiev está tentando, sem sucesso, organizar uma troca de prisioneiros com Moscou.

muitos prisioneiros

O oficial de Luhansk, Rodion Miroshnik, foi citado pela agência de notícias TASS dizendo que o número de prisioneiros de guerra ucranianos mantidos nas repúblicas de Luhansk e Donetsk, apoiadas pela Rússia, está aumentando diariamente.

“Há muitos prisioneiros”, disse Miroshnik. “Agora o número total está em algum lugar na região de 8.000. Isso é muito, e centenas estão sendo adicionadas todos os dias.”

A Reuters não conseguiu verificar independentemente nenhum relatório de campo de nenhum dos lados.

Em um momento em que a Rússia procura aumentar o controle sobre os territórios que conquistou, o presidente Vladimir Putin assinou um decreto simplificando o processo para os moradores das áreas recém-capturadas obterem cidadania e passaporte russos. Consulte Mais informação

O parlamento da Rússia aboliu na quarta-feira a idade máxima para o serviço contratual nas forças armadas, destacando a necessidade de substituir as tropas perdidas. Consulte Mais informação

Em um discurso de vídeo tarde da noite, Zelensky, comentando sobre as novas regras de recrutamento russo, disse: “(Eles não têm mais homens jovens suficientes, mas ainda têm vontade de lutar. Levará algum tempo para esmagar essa vontade.”

Zelensky disse esta semana que o conflito só pode terminar com conversas diretas entre ele e Putin.

A Rússia descreve suas ações na Ucrânia como uma “operação especial” para desarmar a Ucrânia e protegê-la dos fascistas. A Ucrânia e o Ocidente dizem que as alegações fascistas são infundadas e que a guerra é um ato injustificado de agressão.

READ  A decisão da Rússia de cortar as exportações de gás natural foi um erro?

A Ucrânia e o Ocidente dizem que as forças russas atacaram civis e foram implicadas em crimes de guerra, acusações que a Rússia rejeita. Um comandante de tanque russo de 21 anos foi condenado à prisão perpétua nesta semana depois de ser condenado por crimes de guerra pelo assassinato de um civil desarmado.

O governador da região de Luhansk, Serhiy Gaidai, disse que a polícia de Lysichansk está enterrando os corpos de civis em valas comuns. Ele acrescentou que cerca de 150 pessoas foram enterradas em um cemitério em uma das regiões.

Gedayi disse que as famílias das pessoas enterradas poderão reenterrá-las após a guerra, e a polícia está emitindo documentos que permitem aos ucranianos obter certidões de óbito para seus entes queridos.

crise alimentar

A Rússia impôs um bloqueio a navios do sul da Ucrânia que normalmente exportam grãos e óleo de girassol através do Mar Negro, elevando os preços globalmente. A União Africana pediu na quarta-feira que os dois países cancelem a exportação de grãos e fertilizantes para evitar a fome generalizada.

A Rússia culpou pesadas sanções ocidentais pela crise alimentar. Na quarta-feira, disse que estava pronto para fornecer um corredor humanitário para navios que transportam alimentos, mas queria que as sanções fossem suspensas em troca. Consulte Mais informação

As pressões econômicas aumentaram na quarta-feira, quando os Estados Unidos não estenderam a licença da Rússia para pagar os detentores de títulos, levando-a à beira de um calote histórico em sua dívida.

A isenção permitiu que a Rússia continuasse pagando as dívidas do governo até agora. Consulte Mais informação

A Comissão Europeia propôs tornar crime quebrar sanções contra a Rússia. Consulte Mais informação

READ  Cúpula do G7: mísseis russos atingem Kyiv no início da cúpula na Europa

A União Européia também esperava chegar a um acordo sobre sanções ao petróleo russo antes da próxima reunião de líderes da UE.

Mas a Rússia, pelo menos por enquanto, não tem falta de dinheiro. As receitas de petróleo e gás atingiram US$ 28 bilhões somente em abril, graças aos preços mais altos da energia. Consulte Mais informação

Registre-se agora para obter acesso ilimitado e gratuito ao Reuters.com

Reportagem dos escritórios da Reuters. Escrito por Michael Perry e Robert Percell; Edição por Lincoln Fest e Gareth Jones

Nossos critérios: Princípios de Confiança da Thomson Reuters.