Setembro 26, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

França quer aumentar conexões de eletricidade – EURACTIV.com

Deverão aumentar os contactos energéticos entre Portugal e Espanha e entre a Península Ibérica e França. O primeiro-ministro português, Antonio Costa, pediu na quinta-feira que a França cumpra suas promessas a esse respeito.

Costa era Fala em Debate Parlamentar Na ordem do dia do próximo Conselho Europeu que terá lugar em Bruxelas na próxima semana, uma das questões em discussão será o aumento dos custos da energia.

Todos os partidos da oposição têm criticado a actuação do governo em matéria de política energética, com cerca de dois milhões de portugueses a viver em situação de pobreza energética por não terem reduzido os impostos sobre os consumidores ou dispensado do imposto de selo da EDP 110 milhões sobre a electricidade.

“Estamos sujeitos à lógica do lucro e aos interesses das multinacionais”, disse João Oliveira, líder do Parlamento Comunista.

“No próximo Conselho Europeu, Portugal vai sublinhar a necessidade de acelerar a mudança energética, que é uma forma de reduzir os custos energéticos para os consumidores de forma sustentável”, disse Costa.

De acordo com o Primeiro-Ministro, Portugal é um dos Estados-Membros da UE mais exposto às oscilações de preços devido aos baixos vínculos com a Espanha e a Península Ibérica.

“Esta é uma questão que se arrasta há muito tempo e que necessita de ser resolvida no quadro europeu. Portugal alinhou-se cuidadosamente com a perspectiva de encerrar a produção de energia a carvão. Portanto, é altura de França cumprir suas obrigações para permitir uma maior interação “, enfatizou Costa.

Ele acrescentou que isso é “essencial para o mercado nacional, mas para os países da Europa Central terem um suprimento de energia adequado e para fortalecer a segurança energética da Europa”.

READ  O Token da Seleção Nacional de Portugal (POR) é um bom investimento na segunda-feira?

(Pedro Morais Fonseca | Lusa.pt)