Junho 27, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Hong Kong, grandes investidores correm para se candidatar aos ‘Golden Visas’ de Portugal antes das novas regras

Conselheiros de imigração em Hong Kong e Macau disseram à agência noticiosa Lusa que as novas regras do ‘Golden Visa’ de Portugal, que entraram em vigor a 1 de Janeiro, abriram caminho para um plano de investimento na imigração portuguesa até ao final de 2021.

De uma média de dez casos por ano, Jeff Yen Li Wei, sócio do escritório de advogados de Macau Nuno Simões e Associados, aumentou em 20 os pedidos apenas no segundo semestre de 2021, principalmente da China continental.

John Hu, fundador e consultor-chefe da John Hu Migration Consulting, com sede em Hong Kong, tem tentado fazer com que os clientes locais comecem “um pouco antes do Natal”.

O objetivo é antecipar a promulgação de uma portaria que proíbe a aquisição de um ‘visto ouro’ na aquisição de imóveis residenciais nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, e na maior parte de Portugal.

A mudança foi originalmente programada para julho de 2021, e muitos chineses e britânicos em Hong Kong usaram os seis meses extras para “acelerar” o negócio, disse Jason Gillette.

Golden Visa é cofundador da Portugal Limited e é especialista na obtenção do ‘Golden Visa’ da empresa de Hong Kong.

Até ao final de 2021, o Regime de Autorização de Residência para Investimento permitia a obtenção de residência em Portugal através do investimento em imóveis com um valor mínimo de 500 mil euros, que foi reduzido para 350 mil euros no caso de reabilitação urbana.

Depois da correria de dezembro, Jeff Yen não tem novos clientes, mas acredita que “os interessados ​​continuarão interessados”.

No entanto, o advogado, que vive em Portugal há mais de duas décadas, argumentou que seria muito difícil persuadir os investidores chineses a comprarem imóveis fora dos grandes centros urbanos.

READ  Alcarve foi severamente afetado pela epidemia

Em “80% dos casos”, era opcional comprar a propriedade, mas John Hu considerou que a transferência de pelo menos 1 milhão de capital se tornaria a escolha mais popular para os investidores de Hong Kong.

Com sete processos pendentes contra ele, Jason Gillette está muito otimista, apontando para o crescente interesse de residentes no Reino Unido, Estados Unidos e Turquia.

De acordo com dados oficiais divulgados na segunda-feira, a inflação anual na Turquia chegou a 36% em dezembro, um recorde desde 2002, com a lira turca caindo quase 45% em relação ao dólar em um ano.

“Muitos clientes já têm uma boa ideia de onde querem investir”, destacou Jason Gillette, citando o caso de um americano que pretendia comprar uma casa em Évora para alugar a estudantes universitários.

Existem mais oportunidades no mercado imobiliário, ou seja, os britânicos disseram na praia de Chetupal. “Fiquei muito surpreso que toda a área de Camforda a Santiago do Casem estava na lista do ‘visto ouro'”, disse ele.