Maio 18, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Iberdrola SA: Estabelecemos uma nova referência com a aprovação para construir em Portugal a maior central solar da Europa

Iberdrola SA: Estabelecemos uma nova referência com a aprovação para construir em Portugal a maior central solar da Europa

Estabelecemos uma nova referência com a aprovação para construir em Portugal a maior central solar da Europa

Quando entrar em operação em 2025, a usina de Fernando Pessoa, batizada em homenagem ao poeta português, poderá fornecer combustível suficientemente limpo, de baixo custo e desenvolvido internamente. Energia verde Para satisfazer as necessidades anuais de cerca de 430 mil famílias, trata-se de uma população equivalente ao dobro da cidade do Porto. A ligação à rede já foi contratada com o operador português REN e a instalação vai evitar o consumo de 370 milhões de metros cúbicos de gás por ano. A Prosolia Energy será parceira no projeto.

O terreno para o projeto já foi garantido e sua construção criará 2.500 empregos, principalmente locais. A usina é um exemplo de novos desenvolvimentos renováveis ​​justapondo o patrimônio ambiental e as comunidades locais. O plano de ação do projeto inclui atividades como capacitação profissional, promoção do turismo e fornecimento de energia solar às comunidades próximas. basicamente Biodiversidade e Conservação Ambiental, a terra será usada por pastores locais para pastar ovelhas na área e serão introduzidas abelhas, o que ajudará a melhorar a estabilidade ambiental e aumentar o rendimento das colheitas nas terras agrícolas circundantes. Além disso, o plantio será feito ao redor da instalação para restaurar as espécies de árvores nativas.

Presidente Executivo da Iberdrola, Ignacio Galándisse: “Esta fazenda solar estabelece uma nova referência na entrega de benefícios ambientais e sociais concretos para as ambições de energia limpa da Europa. Devemos reduzir nossa exposição a combustíveis fósseis. Estamos orgulhosos de continuar a fortalecer nosso compromisso com Portugal. Como fizemos com o Tâmega Gigabateria, infraestruturas limpas em todo o País. A colaboração das autoridades portuguesas foi também fundamental para que o projeto chegasse a esta fase em tempo recorde.”

READ  Casa Comporta 107, Alentejo, Portugal

“Fernando Pessoa será a fazenda solar mais incrível que a Europa já viu. Um projeto dessa escala e ambição seria inimaginável alguns anos atrás, mas a Iberdrola tem conhecimento técnico e solidez financeira. Esperamos manter nosso papel central em futuro ambicioso da energia limpa de Portugal”, disse Alejandra ReynaA Iberdrola Renovables é o Country Manager de Portugal.

Stable regulatory framework

Portugal anunciou recentemente um novo quadro regulamentar com a modernização das suas administrações, que visa acelerar a implantação de energias limpas. Os regulamentos estáveis ​​e previsíveis do país e seus esforços para implementar o European Green Deal e o pacote REPower da UE estão ajudando a atrair o interesse dos investidores.

Ao incorporar licenças renováveis ​​no esquema Simplex, que foi criado para simplificar os procedimentos administrativos nacionais, o país pretende acelerar sua resposta ao duplo desafio colocado pela crise climática e energética da Europa. Esta etapa ajudará a fornecer mais garantia Autossuficiência energética E garantir que o país permaneça firme no caminho para atingir suas metas climáticas.

Long-term investor in Portugal's energy transition

A Iberdrola planeja investir mais 3 bilhões de euros em energia eólica e solar em Portugal nos próximos anos. Até ao final de 2022, foi concluída a construção do complexo solar de Alcochete (46 MW) no distrito de Setúbal (região de Lisboa), onde a empresa concluiu também outros dois parques fotovoltaicos: Conde (13,5 MW) e Algeruz II (27 MW ). No início de 2023, a construção dos projetos Montegoro I e II de 37 MW começará. Inclui armazenamento de bateria, entrando em operação em 2024.

Todas essas usinas estão relacionadas aos leilões de capacidade de Portugal realizados em 2019 e 2020, com a Iberdrola adjudicando oito projetos fotovoltaicos totalizando 270 MW.

READ  A região portuguesa do Algarve estrela a recém-chegada Aosta - Surface

No ano passado, no rio Tâmega, a concessionária inaugurou o maior complexo hidrelétrico reversível de Portugal, um dos maiores da Europa. Com um investimento de 1,5 mil milhões de euros, conta com três barragens e três centrais (Gouvães, Daivões e Alto Tâmega) e uma potência instalada de 1.158 MW. A equipe planeja construir um parque eólico de 400 MW anexado ao projeto, que eventualmente converterá o complexo em uma usina híbrida.

A Iberdrola já explora 92 MW de energia eólica em Portugal, distribuídos por três parques eólicos: Catefica (18 MW), no concelho de Torres Vedras; Alto do Monzao (32 MW) em Mortágua e Tondela; e 42 MW na Serra do Alvão, Ribera de Pena. Juntas, essas usinas produzem 200 GWh por ano, o equivalente à eletricidade consumida por 35 mil residências.