Outubro 1, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Juan Soto diz que recebeu uma extensão de 13 anos e US$ 350 milhões pelo Washington Nationals antes da paralisação da MLB

Juan Soto diz que recebeu uma extensão de 13 anos e US$ 350 milhões pelo Washington Nationals antes da paralisação da MLB

Washington Nationals ofereceu uma extensão de 13 anos no valor de US $ 350 milhões ao jogador Juan Soto Antes da atual paralisação da Major League Baseball, Enrique Rojas confirmou à ESPN na quarta-feira.

Uma fonte cidadã disse à ESPN que o programa, que foi feito antes da interrupção do trabalho, pretendia começar nesta temporada e não incluiu fundos diferidos. Se isso tivesse sido alcançado, Soto teria ganhado um salário médio de quase US$ 27 milhões até 2034, quando teria 36 anos.

“Sim, eles me fizeram uma oferta há alguns meses, antes de fechar”, disse Soto. “Mas agora, meus agentes e eu achamos que a melhor opção é ir ano após ano e esperar por uma agência livre. Meu agente, Scott Borras, está no controle da situação.”

Soto é elegível para free agency após a temporada de 2024.

“De qualquer forma, ainda penso em Washington como onde gostaria de passar o resto da minha carreira, então veremos”, disse Soto.

A oferta agregada dos Nationals foi a terceira maior extensão de contrato na história da MLB, superando apenas um acordo de US$ 365 milhões em 12 anos. Animais de estimação em 2020 do Los Angeles Dodgers e US$ 360 milhões em 10 anos concedidos ao Mike Trout Pelos Los Angeles Angels em 2019.

O jogador de 23 anos, que jogou quatro temporadas na Major League Soccer, é considerado por muitos como o rebatedor mais puro do jogo hoje. A mão esquerda atingiu 0,301 com OBP de 0,432 e OPS de 0,981 em 464 jogos.

Na temporada de 2020 interrompida pelo COVID-19, ele liderou os principais em hits, OBP e OPS. Na temporada passada, ele teve uma média de rebatidas de 0,313 e uma sequência de 145 caminhadas, fazendo 29 home runs com 95 RBI.

READ  A treinadora de basquete feminino do Rutgers Hall of Fame, C-Vivien Stringer, anuncia sua aposentadoria após 50 temporadas