Junho 23, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Madeleine McCann: Nova busca por criança britânica desaparecida se concentrará em terra, não na água



CNN

A polícia investiga o desaparecimento A criança britânica Madeleine McCann As autoridades alemãs disseram à CNN na segunda-feira que lançariam uma nova busca em Portugal com base na última dica.

A afiliada da CNN, CNN Portugal, informou que a nova busca ocorrerá perto do reservatório de Arete, perto da cidade portuguesa de Silves, a 50 quilômetros da área do resort onde Macon desapareceu em 2007.

A investigação deverá começar na terça-feira e durar no máximo dois dias, noticiou a CNN Portugal, acrescentando que as polícias britânica e alemã vão supervisionar as buscas da polícia portuguesa.

As autoridades se concentrarão na terra e não na água, disseram fontes à CNN Portugal, afiliada da CNN.

Luís Ferreira/Reuters

Veículos e tendas da polícia judiciária investigativa de Portugal são vistos no local de um reservatório remoto onde ocorrerá uma nova busca pelo corpo de Madeleine McCann, em Silves, Portugal, 22 de maio de 2023.

“Neste momento, as buscas não serão realizadas na água”, informou a CNN Portugal. “Os pesquisadores procuram objetos de interesse para investigar ou rejeitam a hipótese.”

Madeleine McCann tinha três anos quando desapareceu do quarto a 3 de maio de 2007, durante umas férias em família no Algarve, onde os pais jantavam com amigos no resort da Praia da Luz.

Em abril de 2022, as autoridades portuguesas e alemãs nomearam Christian Bruckner – um cidadão alemão que viveu no Algarve entre 1995 e 2007 – como suspeito oficial.

Bruckner negou qualquer envolvimento no desaparecimento de McCann.

Um porta-voz do Ministério Público em Braunschweig, na Alemanha, disse que a polícia portuguesa começou a vasculhar o reservatório após uma denúncia da Alemanha.

READ  Portugal deve ter política monetária conservadora devido à inflação e taxas do BCE

De acordo com a CNN Portugal, o reservatório de Arede já havia sido revistado em 2008, quando mergulhadores encontraram ossos que mais tarde foram encontrados como restos de animais.