Dezembro 3, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Mais de 50% dos portugueses confiam nos media tradicionais

De acordo com o estudo Marco Research: Post Covid Consumer Behavior, criado pela empresa Marco – e na Europa, que analisa Portugal, Reino Unido, França, Alemanha, Itália e Espanha – 61% dos portugueses confiam nos noticiários televisivos, a mesma percentagem que confiam em rádio, mídia impressa e online, respectivamente, 57% e 53% confiam nas notícias.

Depois de Portugal, Reino Unido, Alemanha e França são os países onde as pessoas mais confiam na televisão, enquanto Espanha e Itália já se encontram em território negativo neste indicador, ainda que por uma pequena margem.

Portugal ocupa o primeiro lugar em termos de confiança na imprensa online, imprensa em papel e rádio. Nas redes sociais, o país ocupa o primeiro lugar com 22% no LinkedIn. 18% das mensagens de fé portuguesas são publicadas via WhatsApp, 17% via podcast, 14% via Instagram e Twitter e 12% no Facebook.

Embora os níveis de confiança nas redes sociais sejam menores do que nas mídias tradicionais, elas são uma das fontes de informação mais utilizadas. Para 65% dos portugueses, o WhatsApp é o canal mais consultado para aceder à informação, seguido do Instagram (51%) e do Facebook (48%).

“Estes são os principais resultados de como os panoramas mediáticos portugueses e europeus se adaptam às mudanças e como os media tradicionais continuam a renovar-se. Isso reflete o facto de serem as fontes de informação mais confiáveis ​​para os portugueses para informação de qualidade”, diz Diana Castillo, Country & Brands Lead na Marco Lisboa.

READ  Portugal aposta no novo fundo de 26 milhões de euros em blockchain