Maio 26, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

O desenvolvedor português de Saint-Tropez está voltando para casa

A Quinta de Faro e a Adega do Cantor são o principal foco de Joachim Byrne em Portugal.

Depois de trabalhar em Saint-Tropez, França por mais de 30 anos, criando propriedades de luxo e modernizando toda a região, Joaquim Byres, CEO do Grupo SERIP, agora trabalha em Portugal.

Além de empresário, Joachim Byrne é também o Embaixador Honorário de Portugal em Nice. Através deste título, o governo deu-lhe o poder de emitir passaportes e carteiras de identidade. “Temos uma embaixada onde temos registro civil”, disse ele.

Além disso, foi nomeado Comandante-em-Chefe da República Portuguesa pelo Presidente Marcelo Rebello de Sousa. “Concordo com as preocupações dos portugueses que vivem em França”, acrescentou.

Sonhos de se tornar um arquiteto

Filho de pais portugueses, Joachim Byrne emigrou para a França aos seis meses de idade, deixando um país que estava sob ditadura na época. À medida que envelhecia, decidiu que queria ser arquiteto, mas a vida o obrigou a mudar de planos.

“Era meu sonho ser arquiteto, mas não pude porque meu pai sofreu um grande acidente e comecei a trabalhar cedo”, disse ele. Embora não seja formado em arquitetura, projetou e concluiu várias casas, atualmente construindo mais de 600 casas cada uma com cerca de 1.500 metros quadrados e mais de 300 piscinas.

Promover o mundo de Portugal

Entre as empresas de construção, imobiliária, elétrica e canalização, este empresário de grande sucesso é dono de cerca de 60 empresas, onde emprega muitos portugueses em França. “Noventa por cento dos meus funcionários são portugueses.” Além disso, Joaquim Pires escolhe o maior número possível de produtos portugueses em todos os seus negócios. Por exemplo, foi o primeiro a trazer pedra portuguesa para França.

READ  Lillie joga o jogo completo na derrota da Irlanda Sub-16 para Portugal

Esta não foi a única forma de apoiou o seu próprio país, e criou empresas juntamente com os seus principais negócios para levar o sabor de Portugal à França. “Criei uma padaria portuguesa e depois um supermercado português.”

Para mais informações por favor visite https://quintadefaro.com/