Junho 20, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Sonae Arauco investe 5 milhões de euros em centros de reciclagem de madeira em Portugal

Sonae Arauco investe 5 milhões de euros em centros de reciclagem de madeira em Portugal

Sono Arauco Anunciado investimento em dois novos centros de reciclagem em Portugal, num total de 5 milhões de euros. Estrategicamente localizados na região do Minho e a norte de Lisboa, estes dois centros irão complementar a operação dos três já em funcionamento no país. O investimento enquadra-se no Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), a concluir até ao final de 2025.

De acordo com os números publicados, a Sonae Arauco incorporou um total de 734.000 toneladas de madeira reciclada até 2023, estando a reciclagem de madeira no centro do seu modelo de negócio de bioeconomia circular. Neste sentido, a empresa integra atualmente mais de 70% de madeira reciclada nas suas gamas de produtos e espera atingir 85% em geografias específicas nos próximos três anos. Se considerarmos todo o portefólio da empresa, a madeira reciclada representa 30% do total utilizado, contra uma média de 21% na indústria europeia de painéis derivados de madeira.

Nos próximos dois anos, a Sonae Arauco prevê investir cerca de 13 milhões de euros para garantir o seu objetivo de integração de madeira reciclada. Este investimento incluirá a aquisição de equipamentos para centros de reciclagem e unidades industriais, garantindo maior eficiência no processamento de resíduos de madeira e aumentando a capacidade de incorporação de grandes volumes de madeira reciclada em soluções de aglomerado. Ao mesmo tempo, a empresa desenvolve tecnologias inovadoras que permitem incorporar fibras de madeira reciclada em soluções de MDF.

Atualmente, em Portugal, sob a gestão da Ecociclo, a Sonae Arauco detém três centros de reciclagem localizados nos distritos do Porto (Alfena – Valongo), Setúbal (Seixal) e Coimbra (Souselas). Em Espanha, a empresa de reciclagem chama-se Tecmasa e gere nove centros. Pretende aumentar a recolha de madeira nos seus centros de reciclagem em 60% até 2034, um aumento de 150% em relação ao alcançado em 2014.

READ  Operações em Portugal levam à apreensão de vários bens alimentares

A Sonae Arauco é um importante player global em soluções de madeira para mobiliário e construção.