Dezembro 3, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Trabalhe a partir da costa europeia com o novo visto de nómada digital de Portugal

As inscrições para o novo visto de nômade digital de Portugal devem ser abertas ainda este mês.

Quando você pensa em “nômade digital”, pode imediatamente pensar em destinos tropicais.

Mas a tendência também é crescente na Europa, e Portugal anunciou um novo programa de nômades digitais que abrirá inscrições este mês.

O governo confirmou na semana passada que, a partir de 30 de outubro, trabalhadores de qualquer país que não faça parte da União Europeia ou do Espaço Econômico Europeu poderão solicitar vistos de trabalho remoto e residência.

Comprovante de residência fiscal, detalhes de emprego como contratos e comprovante de renda dos trabalhadores serão necessários.

Os candidatos devem ganhar pelo menos quatro vezes o salário nacional português. Atualmente é de 822 euros ($ 798), Assim, os nômades digitais têm uma renda mensal mínima de cerca de 3.288 euros.

Nômades digitais escolhem a Europa

Opções de visto em Portugal

A classificação favorável surge apesar de Portugal não ter até à data um visto oficial de nómada digital. Entre as opções está o visto D7, que é destinado a aposentados, mas é utilizado por pessoas de todas as idades que desejam morar e trabalhar no exterior. Qualquer pessoa pode se inscrever desde que sua renda ultrapasse o salário mínimo local, mas deve permanecer no país por um certo número de meses a cada ano.

Outra alternativa (mais cara) é o Golden Visa. Em troca de um investimento de pelo menos 350.000 euros, que deve ser mantido por pelo menos cinco anos, pode ser obtida a residência portuguesa. Os titulares de visto dourado só são obrigados a permanecer no país por uma semana a cada ano para manter seu status.

As críticas a esses programas são generalizadas: alguns argumentam que o Golden Visa, em particular, pode ser usado como uma forma de “comprar” a cidadania, enquanto outros temem que o influxo de estrangeiros esteja elevando os preços para os locais.

READ  Preços da eletricidade sobem em Espanha e Portugal na quarta-feira, 22 de junho