Junho 20, 2024

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

Warren Buffett está em contato com funcionários de Biden sobre a crise bancária

Warren Buffett está em contato com funcionários de Biden sobre a crise bancária

(Bloomberg) — Warren Buffett, da Berkshire Hathaway, manteve contato com altos funcionários do governo do presidente Joe Biden nos últimos dias, à medida que a crise bancária regional se espalha.

Mais lidos da Bloomberg

A comunicação entre Buffett e a administração foi descrita por pessoas familiarizadas com o assunto, que pediram para não serem identificadas enquanto discutiam as informações privadas. Não ficou imediatamente claro que papel, se houver, o investidor bilionário pode desempenhar na contenção da crise após as falências do Silicon Valley Bank, Signature Bank e Silvergate Capital Corp.

Buffett tem uma longa história de intervenção para ajudar bancos em crise, alavancando seu status de investimento sectário e peso financeiro para restaurar a confiança em empresas em dificuldades. O Bank of America Corp. ganhou uma injeção de capital de Buffett em 2011, depois que suas ações despencaram em meio a perdas ligadas às hipotecas subprime. Buffett também lançou uma tábua de salvação de US$ 5 bilhões para o Goldman Sachs Group Inc. Em 2008, para apoiar o banco após o colapso do Lehman Brothers Holdings Inc.

Representantes da Berkshire Hathaway e da Casa Branca não responderam imediatamente aos pedidos de comentários. Funcionários do Tesouro dos EUA se recusaram a comentar.

Os reguladores dos EUA revelaram medidas extraordinárias para apaziguar os clientes no fim de semana passado, prometendo pagar integralmente os depósitos não segurados em bancos falidos. As ações dos bancos regionais continuaram a cair esta semana devido ao medo de espalhar a dor.

A equipe de Biden, apreensiva com os reveses políticos, passou a coordenar pausas que não exijam gastos governamentais diretos dos contribuintes, incluindo ações do Fed. Os principais bancos dos EUA depositaram voluntariamente US$ 30 bilhões para estabilizar o First Republic Bank esta semana, uma medida que os reguladores classificaram como “muito bem-vinda”. Qualquer investimento ou intervenção de Buffett ou outras figuras continuará neste manual, procurando conter a crise sem resgates definitivos.

READ  CEOs receberam aumentos menores. O trabalhador médio levaria duas vidas para receber seu salário anual

– com a ajuda de Max Rees e Kathryn Doherty.

Mais lidos da Bloomberg Businessweek

© 2023 Bloomberg LP