Dezembro 3, 2022

Revista PORT.COM

Informações sobre Portugal. Selecione os assuntos que você deseja saber mais sobre no Revistaport

As Abismais Superáguias caíram para Portugal

Derrotou a Seleção de Portugal Super Águias Com uma vitória por 4 a 0 sobre a Nigéria no primeiro encontro, eles se classificaram para a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

Os campeões europeus de 2016 marcaram dois gols no primeiro tempo de Bruno Fernandes e outro de Gonçalo Ramos e João Ramos no segundo tempo para derrotar um nigeriano complacente e francamente desmotivado.

Portugal jogou sem Cristiano Ronaldo devido a doença.

Foi a quinta derrota em sete partidas sob o comando de Besiro, enquanto as Super Águias continuam se recuperando antes da Copa das Nações em 2023. A última vez que as águias perderam por quatro ou mais gols foi contra a Catalunha em dezembro de 1998.

Portugal x Nigéria [PHOTO: TW @NGSuperEagles]

O técnico da Nigéria, José Besiro, apresentou Bright Osai-Samuel e o Fenerbahçe fez uma boa conta, apesar de uma infeliz mão na bola que deu aos portugueses a chance de fazer o segundo gol.

As águias começaram bem ao pressionar Portugal no seu meio-campo e ganharam o primeiro escanteio do jogo, mas como já é de praxe sob o comando de Pesiro, as águias sofreram o primeiro gol nos primeiros 10 minutos do confronto.

Um passe alto de João Félix encontrou Diogo Dalot com bastante espaço atrás da defesa nigeriana e o zagueiro do United teve tempo de olhar para cima.

Do segundo handebol infeliz. As águias jogaram melhor na segunda parte e criaram mais oportunidades de golo, que não foram aproveitadas. O passe de Frank Onyeka para Calvin Bassey aos 60 minutos foi inútil, já que nenhum dos atacantes nigerianos chegou perto da bola.

Portugal x Nigéria [PHOTO: TW @channelstv]
Portugal x Nigéria [PHOTO: TW @channelstv]

Samuel Chukwues enganou Antonio Silva aos 71 minutos, mas Patricio defendeu com as pernas. Usoho então deu um tiro em Felix passando por Ozai-Samuel.

A Nigéria teve uma chance de ouro para reduzir o déficit aos 81 minutos, quando Osai-Samuel perseguiu a bola e derrubou Dalot.

O substituto Emmanuel agarrou a bola de tênis e, apesar de seus companheiros sussurrarem em seus ouvidos, Paul Onuwachu ignorou os apelos do banco para chutar.

O jogador de Watford aproveitou suas linhas quando Rui Patricio cabeceou para a trave.

consulte Mais informação: Portugal vence Suécia sem Ronaldo


Ramos marcou um minuto depois e Mário fez o quarto, numa excelente jogada colectiva que viu Ramos selar a vitória sobre o médio do Benfica.

O terceiro e o quarto golos de Portugal foram fruto de uma defesa consistente à entrada da área nigeriana.

A vitória é um impulso para Portugal, que enfrenta o Black Stars de Gana em sua primeira partida na Copa do Mundo.


Apoie o jornalismo do Premium Times por sua integridade e credibilidade

O bom jornalismo custa muito dinheiro. No entanto, apenas um bom jornalismo pode garantir a possibilidade de uma boa sociedade, uma democracia responsável e um governo transparente.

Para continuar com acesso gratuito ao melhor jornalismo investigativo do país, pedimos que considere fazer uma moderada doação a esta nobre iniciativa.

Ao contribuir com o PREMIUM TIME, você ajuda a manter um periódico relevante e garante que ele seja gratuito e disponível para todos.

Doar



Anúncios de texto: Ligue para Willy – +2348098788999








BT Faça anúncio de campanha